Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

“Te visito, Senhor, e tudo muda”

Corpus Domini
Antoine Mekary | ALETEIA
Compartilhar

Um belo testemunho de quem adotou o hábito de visitar Jesus Sacramentado todos os dias

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

Tudo tem sido simplesmente maravilhoso. Não param de acontecer coisas surpreendentes relacionadas ao sacrário. 

Há pouco tempo, me chamaram para um programa de TV. Não costumo aceitar, pois é difícil para mim falar diante das câmeras. Para um escritor, tudo é mais simples na solidão de seu escritório, junto ao seu computador. Se eu errar, corrijo e nada acontece. Mas ao vivo na TV tudo é diferente. 

– Sobre o que falaremos?, perguntei. 

– Sobre o sacrário, responderam. 

Procuro mil desculpas e todas falham. Ao final, uma palavra: 

– Aceito!

E foi ótimo! A reação dos telespectadores foi genial. As mensagens que recebi depois falam sobre o amor com que Jesus nos espera nos sacrários do mundo inteiro. 

Depois do programa, escrevemos aqui na Aleteia, pedindo  fotos dos sacrários que as pessoas costumam visitar. E sabia que não param de chegar fotos lindas do mundo inteiro? Abaixo, reproduzimos um comentário que um leitor me enviou:

“Passei uma etapa da minha vida em que eu tinha muita turbulência. As coisas não andavam bem no trabalho nem na igreja. Uma vida sem metas, sem horizontes e sem sonhos, que dificilmente faria me esforçar por algo. 

Não conseguia definir o rumo da minha vida. Por isso, tracei apenas uma meta: visitar Jesus Sacramentado todos os dias. Comecei visitando-o na capela da igreja de Santa Edwiges no Panamá todos as tardes depois do trabalho. 

Lá, eu me desconectava do tempo. O silêncio daquele lugar me encantava. Minha mente, às vezes, ia a mil por hora. Então, eu pedia a Jesus: Senhor, ensina-me a calar, a contemplar o silêncio e a orar. 

Eu refletia sobre as pessoas que falavam que Deus lhes respondia de forma clara e rápida às necessidades. E pensava: esse não sou eu.

Depois de um mês de visitas, perguntei: Senhor, por que não vejo resultados na minha vida? Por que o Senhor não me dá respostas, mesmo eu te visitando aqui todos os dias?

Eu me lembro bem daquele dia. Ao sair de lá, foi como se Jesus tirasse um véu do meu rosto. Comecei a ver que as coisas realmente estavam melhorando. E por alguma razão eu não percebia. 

Passei dois meses visitando Jesus Sacramentado, e hoje tenho uma felicidade profunda (que antes eu não sentia). Minha vontade de viver agora é grande. Minha vida está impregnada de um aroma de paz. 

De manhã, fico emocionado só de pensar que à tarde estaremos juntos – Jesus e eu”. 

Veja algumas das fotografias que nos chegaram de várias partes do mundo. (clique em “Abrir a galeria de fotos”)

Viva Jesus! 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.