Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

“A Paixão de Cristo”: segunda parte, “A Ressurreição”, pode estrear ainda em 2019

Paixão de Cristo Ressurreição
A Paixão de Cristo / Divulgação
Compartilhar

Ansiada sequência mostrará os 3 dias de angústia dos Apóstolos antes da Ressurreição, bem como os tenebrosos bastidores do poder que condenou Jesus

O astro Jim Caviezel, intérprete de Jesus Cristo no aclamado filme “A Paixão de Cristo”, de 2004, informou ainda no ano passado, em entrevista ao popular jornal USA Today, que a produção do diretor Mel Gibson contaria em breve com uma sequência.

Agora, já começam a surgir notícias de que a “A Paixão de Cristo: A Ressurreição” chegará aos cinemas até no máximo a Semana Santa de 2020 – ou talvez ainda no final de 2019.

A história

Segundo Jim Caviezel, a sequência começaria exatamente onde o primeiro filme terminou: no sepultamento de Jesus. A partir daí, a história seguirá detalhadamente os três dias de angústia dos Apóstolos à espera da Ressurreição do Senhor.

Além da excruciante experiência de fé, esperança e dolorosa provação vivida pelos Apóstolos e por Maria durante aquele Tríduo Sacro, estarão em foco no roteiro de “A Paixão de Cristo: A Ressurreição” também as tormentosas ânsias de poder de vários envolvidos diretos na crucificação de Cristo, como o governador romano da Judeia, Pôncio Pilatos, o sanguinário rei Herodes, o sumo sacerdote judaico Caifás e o discípulo traidor Judas Iscariotes.

Brock Miller / Splash News/EAST NEWS / Collection Christophel / RnB/EAST NEWS

Mel Gibson, aliás, já tinha antecipado:

“O filme não será apenas a narração de um evento extraordinário como a Ressurreição de Cristo, mas também de todos os eventos que o cercam e que evidenciam ainda mais o seu significado”.

A produção

Com orçamento de 20 milhões de dólares e filmado em Israel, Marrocos e locações europeias, o novo filme tem praticamente a mesma equipe do primeiro, com Mel Gibson na direção e com o elenco central formado por Jim Caviezel (Jesus), Maia Morgenstern (Maria), Christo Jivkov (João) e Francesco De Vito (Pedro).

© ICON PRODUCTIONS / COLLECTION CHRISTOPHEL / AFP

Após uma primeira versão escrita por Dan Gordan, roteirista de “O Condenado de Alcatraz“, a história do filme foi assumida e modificado por Randall Wallace, que assinou o roteiro de “Coração Valente“, o épico no qual o próprio Mel Gibson atuou tanto como ator protagonista quanto como diretor.

No ano passado, Jim Caviezel interpretou São Lucas, um dos protagonistas do também ansiado filme “Paulo, Apóstolo de Cristo“.