Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Amigos para eternidade

A Photo taken on February 03, 1986 shows Mother Teresa and Pope John Paul II waving to well-wishers, at the Nirmal Hriday Home, in Calcutta. The pontiff visited the Home where he was welcomed by Mother Teresa during his 10-day state visit to India. / AFP PHOTO / JEAN-CLAUDE DELMAS
Compartilhar

Santos e santas que cultivaram belas amizades

Sabe aqueles amigos que a gente só encontra de vez em quando, mas ao reencontrar, parece que o tempo não passou? Pois é! Assim eram alguns santos e santas da Igreja Católica, que enquanto viviam intensamente a vida aqui na terra, não deixavam de lado as belas amizades. Pode-se citar como um grande exemplo a linda amizade entre São João Paulo II e Santa Madre Teresa de Calcutá.

É uma amizade que vem desde quando eles ainda nem eram conhecidos globalmente, pois Madre Teresa e Karol Wojtyla, então Cardeal Arcebispo de Cracóvia, conheceram-se em Fevereiro de 1973, no 40º Congresso Eucarístico Mundial, em Melbourne.

Veja outros encontros:

Em 1976, os dois reencontraram-se na Filadélfia, novamente em um Congresso Eucarístico.

Já em 1986, durante uma visita de dez dias à Índia, São João Paulo II visitou a casa da Madre Teresa, no coração dos bairros pobres de Calcutá. A santa chamou esta ocasião como “o dia mais feliz de minha vida”. Depois da chegada do Santo Padre ao local, Madre Teresa subiu ao papamóvel branco e beijou seu anel. Em seguida, o Pontífice beijou a testa, uma saudação que realizavam a cada encontro.

São João Paulo II também visitou a Albânia em 1993. Era a primeira vez que um Papa estava no país. Entre os albaneses que estavam lá para receber o Papa, estava também Madre Teresa.

A amizade dos dois era nítida em todos os encontros que foram realizados; dava para se ver no sorrisos dos dois!

No passado, outros santos e santas também fizeram história e construíram amizades muito bonitas. Como exemplo, listamos outras abaixo:

Paulo e Timóteo

Sabe o que Paulo disse a Timóteo? ‘Quer vir comigo e com Silas?’ perguntou. ‘Poderíamos usar sua ajuda em pregar às pessoas em lugares longes.’ ‘Sim’, respondeu Timóteo, ‘eu gostaria de ir junto’. Assim, pouco depois, Timóteo deixou sua família e foi com Paulo e Silas. Foi o inicio de uma bela amizade.

Francisco e Clara

Certa vez, Francisco havia ouvido alusões inconvenientes sobre a amizade dos dois, mesmo assim a fé superou tais situações difíceis e amizade dos dois perdurou.

Os Pastorinhos

Os três pastorinhos eram Lúcia dos Santos, com 10 anos de idade na época das aparições, e os seus primos maternos Francisco Marto, com oito anos, e Jacinta Marto, com sete anos, ambos irmãos. As crianças nasceram e residiram na aldeia de Aljustrel, pertencente à freguesia de Fátima e foram testemunhas das aparições de Nossa Senhora, em 1916 e 1917. Eles tinham uma amizade profunda.

(A12.com)