Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O museu das almas do purgatório

Compartilhar

Uma das igrejas de Roma guarda objetos que comprovariam a existência do Purgatório

Ao contrário do que prega a heresia espírita, que é 100% incompatível com o Cristianismo, as almas não ficam vagando por ai.

Uma vez que a pessoa morreu, acontece de forma imediata o seu juízo particular, onde o sujeito vai para o Céu, Inferno ou Purgatório.

Esse vídeo (traduzido do original “Messages from Purgatory – EWTN Vaticano, disponível aqui: https://goo.gl/jCtMKX) nos apresenta o Museu do Purgatório, que se encontra dentro da igreja do Sagrado Coração do Sufrágio, em Roma.

Deus pode permitir que uma alma do purgatório apareça pedindo orações pelo sufrágio de sua alma. Mas por que uma alma pediria socorro?

Ao responder se a pena do purgatório excede todas as penas temporais desta vida, Santo Tomás de Aquino ensina na Summa Theologica que:

“Duas espécies de pena haverá no purgatório: a do dano, que retarda a visão divina; e a do sentido, que pune pelo fogo material. E tanto uma como outra, embora mínima, excede as penas máximas desta vida.”

Busque a santidade, pois assim você não irá pro purgatório, e reze diariamente pelas almas que estão lá.

Se não conseguir visualizar o vídeo, clique aqui.

 

(via Tradutor Católico)