Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O Vaticano tem mesmo um “protocolo secreto” para padres que tiveram filhos?

POPE AUDIENCE
Antoine Mekary | ALETEIA | I.Media
Compartilhar

Notícia sensacionalista tomou as manchetes dos jornais nesta semana

Nesta terça-feira, 19, vários veículos de mídia do mundo todo deram grande alarde a um suposto “protocolo secreto” que o Vaticano aplicaria aos casos de sacerdotes que, violando o celibato, tiveram filhos.

O ruído fora de contexto repercutiu a partir de uma reportagem do New York Times sobre uma pessoa que, aos 28 anos de idade, descobriu que o seu pai biológico era um padre. A matéria do jornal norte-americano trazia como título “As regras secretas do Vaticano para os sacerdotes que têm filhos“.

Acontece que as tais “regras secretas” não são secretas nem foram mencionadas como tais pelo representante vaticano consultado a respeito do assunto: o diretor interino da sala de imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti.

O que ele realmente afirmou não foi nada além do óbvio: que o Vaticano tem, evidentemente, um conjunto de diretrizes internas para lidar com esses casos.

O documento em questão adota procedimentos voltados a garantir que um sacerdote que rompeu o celibato e teve um filho assuma as suas responsabilidades de pai.

Gisotti esclareceu:

“Posso confirmar que essas diretrizes existem. Trata-se de um documento interno que resume a prática formada ao longo dos últimos anos na Congregação e que não se destina à publicação. O princípio fundamental que anima essas linhas é a proteção da criança. Para isso, o documento pede, como regra, que o sacerdote apresente uma solicitação de dispensa das obrigações do estado clerical e, já como leigo, assuma as responsabilidades de pai dedicando-se exclusivamente ao filho”.

O que há de “secreto” nesse tipo de “notícia” é a real intenção de quem promove tanto sensacionalismo.

Em tempo: a Santa Sé também tem diretrizes para lidar com padres abusadores, as quais incluem a expulsão do sacerdócio para os casos devidamente comprovados. Nesta mesma semana, aliás, acontece no Vaticano uma reunião histórica do Papa Francisco com o episcopado de todo o mundo para tratar do combate a essa aberração. Que tipo de “protocolo secreto” será que a mídia vai alardear em torno ao tema?

Em tempo (2): o Vaticano também tem diretrizes internas para combater a corrupção administrativa e financeira e o Papa acaba de ampliar os poderes do órgão responsável por esse tipo de fiscalização. Alguma notícia em primeira página sobre este fato?

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.