Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Atualidade

A grosseira teimosia abortista da "Maré Verde" ataca novamente na Argentina

Maré Verde Argentina aborto

O Catequista News / Facebook

Aleteia Brasil - publicado em 22/02/19

Mesmo derrotada pelo Senado, que rejeitou a aprovação do aborto, a ideologia é teimosa e parece fazer questão de provocar repulsa

Os meios de comunicação da Argentina deram amplo destaque (para variar) à assim chamada “Maré Verde”, uma série de manifestações a favor do aborto em diversas cidades do país. O nome se deve ao lenço verde usado pelos manifestantes que defendem a existência do “direito” a exterminar um ser humano em gestação.

Parcialidade midiática

Embora os eventos ocorridos nesta terça, 19 de fevereiro, tenham reunido em torno de 150 mil pessoas em Buenos Aires, o que é simplesmente 20 vezes menos gente que os 3 milhões de participantes da Marcha pela Vida organizada na mesma cidade em prol dos direitos do nascituro em 2018, a mídia deu muito mais espaço à manifestação abortista do que à mobilização em defesa da vida do bebê e da gestante.

Teimosia ideológica

Os protestos desta semana pretendem pressionar o governo argentino a levar adiante pela enésima vez as propostas de mudança legislativa sobre o aborto, já que o movimento abortista sofreu uma retumbante derrota em agosto de 2018 quando o Senado rejeitou a legalização do aborto livre em todo o país.

Eufemismos em pauta

A mobilização abortista defendeu também que, no currículo de Educação Sexual nas escolas argentinas, os conteúdos a serem apresentados aos alunos sigam as diretrizes do “Programa Nacional de Saúde Sexual e Procriação Responsável” e do “Protocolo para Atenção Integral de Pessoas com Direito à Interrupção Voluntária da Gravidez”, duas peças ideológicas que se valem de eufemismos para defender o aborto e as pautas da ideologia de gênero. Os mesmos recursos eufemísticos, aliás, são amplamente usados também nas discussões pró-aborto no Brasil.

Vidas pisoteadas

A chocante imagem que ilustra este artigo foi divulgada pela página O Catequista News no Facebook.


NOWY JORK, NOWE PRAWO ABORCYJNE

Leia também:
Nova Iorque permitirá abortar bebês até nada menos que 1 dia antes do parto

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AbortoIdeologia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia