Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 15 Janeiro |
Santo Arnoldo Janssen
home iconAtualidade
line break icon

Bispo venezuelano: "É imoral e desumano queimar as ajudas"

VENEZUELA

RAUL ARBOLEDA - AFP

Aleteia Brasil - publicado em 25/02/19

Alimentos e remédios para o povo da Venezuela não apenas foram bloqueados pela ditadura: parte das ajudas ainda foi queimada

Dom Mario Moronta, bispo de San Cristóbal e vice-presidente da Conferência Episcopal da Venezuela, se manifestou enfaticamente após a notícia de que o regime de Nicolás Maduro queimou caminhões com ajuda humanitária para o povo do país: essa destruição, nas palavras do bispo, é um ato “imoral” e “desumano”.

As ajudas internacionais que chegaram até a fronteira da Venezuela com a Colômbia e o Brasil têm sido bloqueadas por ordem de Maduro, que acusa os Estados Unidos de usarem comida e remédios como justificativa para intervir em assuntos internos do país. Os caminhões que tentaram passar pelos pontos de controle dos militares alinhados ao ditador foram impedidos de avançar. De dez veículos com ajuda humanitária, dois chegaram a ser incendiados sobre a ponte que liga a Colômbia à Venezuela. Além disso, dezenas de pessoas ficaram feridas nos confrontos.

Via Vatican News

Na fronteira com o Brasil, foram registradas duas mortes na última sexta-feira e três no sábado, mas o número pode ser bem maior segundo fontes venezuelanas como o próprio prefeito da cidade de Santa Elena de Uairén, Emilio González, que fugiu para o Brasil por picadas na mata neste domingo. De acordo com ele, 25 pessoas foram mortas e 84 ficaram feridas em confrontos com milicianos e militares ligados à ditadura de Maduro.

Ainda pelo lado brasileiro, dois caminhões que partiram de Boa Vista no último sábado foram obrigados a retornar após passarem horas parados próximos à fronteira.

Bispo lança apelo aos militares: “Não atirem no seu povo!”

Dom Mario Moronta afirmou que o apelo dos bispos para que as autoridades venezuelanas permitissem a entrada das ajudas não foi ouvido. Ele exortou:

“Em nome de Deus, não levantem a voz nem ataquem com armas que tenta fazer o bem”.

O bispo pediu com firmeza que o exército e a polícia “ajam de acordo com a Constituição e a lei” e “não disparem contra o povo”:

“Vocês também são povo! Respeitem, protejam!”.

Dom Moronta enfatizou que o sangue dos irmãos “clama por justiça diante de Deus”:

“Não matem os irmãos do mesmo povo!”.

O bispo manifestou ainda a sua solidariedade para com os indígenas “perseguidos, desprezados, mortos e feridos” em confrontos na fronteira da Venezuela com o Brasil.


VENEZUELA

Leia também:
Bispos colombianos promovem corredor humanitário para ajudar venezuelanos

________

Com informações do Vatican News

Tags:
ditaduraMundoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia