Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Brumadinho: memorial vai homenagear vítimas do rompimento de barragem de minério

Presidência da República/Divulgação
Compartilhar

Sinos vão soar todos os dias na hora em que aconteceu a tragédia

A Arquidiocese de Belo Horizonte, MG, anunciou a construção de um memorial em homenagem às centenas de vítimas do rompimento da barragem de rejeitos de mineração da empresa Vale.

O “Memorial Minas de Esperança” será um campanário com 20 metros de altura e  cinco sinos, que soarão sempre às 12h28min, o horário em que aconteceu a tragédia. A edificação ainda conterá os nomes de todas as vítimas. (Veja os detalhes do projeto no vídeo abaixo).

O campanário será construído em frente ao Centro de Treinamento de Líderes Dom José Dalvit, que foi elevado a Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora do Rosário.

No lançamento da pedra fundamental, houve um momento de oração presidido pelo bispo auxiliar Dom Vicente Ferreira. Os fiéis seguiram em procissão até a Igreja São Sebastião, Matriz de Brumadinho. A Igreja estava repleta de fiéis, com telões na área externa, para a Missa celebrada pelo Núncio Apostólico dom Giovanni D’Aniello, concelebrada por dom Walmor, muitos bispos do Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padres e diáconos.

De modo caloroso, dom Giovanni transmitiu aos fiéis a solidariedade do Papa Francisco. “Eu quis também estar com vocês, presença de irmão na fé, que chora junto com todos”, disse o Núncio Apostólico.

Durante a Missa, muitos fiéis se emocionaram quando dom Vicente Ferreira cantou a música de sua autoria que é uma homenagem a Brumadinho. A mesma canção foi trilha do ato realizado para marcar um mês da tragédia, sobre a ponte do Rio Paraopeba.

Pétalas de rosas brancas foram lançadas de um helicóptero sobre a cidade, em um bonito momento ecumênico.

Com informações de Arquidiocese de Belo Horizonte 

 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.