Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

7 sinais de que seu filho precisa de disciplina e o que fazer em cada situação

FATHER OF
Shutterstock
Compartilhar

Nenhum pai decide criar um filho indisciplinado, mas algumas ações podem prejudicar o comportamento dos filhos

Nenhum pai decide criar um filho indisciplinado. Mas às vezes você faz concessões (“eu compro um presente se não pedir mais nada”) e dá recompensas desnecessárias (“te dou um chocolate se comer todos os seus legumes”) para facilitar as coisas.

“Todos os pais querem o melhor para seus filhos e se preocupam em promover sua autoestima, mas quando as crianças se recusam a fazer o que queremos, nos desafiam ou nos ignoram, é normal ficarmos irritados e frustrados”, diz Nancy Samalin, educadora de pais e autora de Loving Without Spoiling e 100 Other Timeless Tips for Raising Terrific Kids. “Sem querer, é muito fácil cair na armadilha de não estabelecer limites.”

Nesse artigo listamos 7 técnicas de disciplina positiva usadas por Nancy para incentivar as crianças a ouvir e cooperar. São alternativas concretas (e eficazes) para não precisar ameaçar, subornar, gritar, punir, comandar, atacar, xingar, implorar, argumentar ou criticar – para que todos ganhem.

1 – Seu filho não tem senso de justiça

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: use dicas verbais para mostrar ao seu filho que isso não é sobre ele, nem sobre você, nem sobre ninguém. Ao usar declarações impessoais, você torna a disciplina prática e suas próprias demandas como um pai compreensivo e racional.

“Por exemplo, digamos, ‘os livros pertencem às prateleiras’; ‘O casaco precisa ser pendurado no armário, não no chão’; ‘Os pratos devem ser colocados na máquina de lavar louça’; e ‘é hora do banho agora’”.

2 – Seu filho não aguenta ouvir a palavra “não”

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: Retire a abrasividade dessa única palavra usando outras respostas de uma só palavra. Em vez de salvar o que você não quer em uma palavra, “diga o que você quer em uma palavra”, diz Samalin.

“Use frases como ‘Bruno, blusa!‘ Ou ‘Bruna, dentes!’ Isso funciona muito melhor do que‘Quantas vezes eu tenho que te dizer …’ ou ‘Por que você não escuta quando eu falo com você?’”

3 – Seu filho não tem gentileza, empatia ou compaixão

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: “Sempre que uma criança faz algo de útil, carinhoso, cooperativo ou melhora, diga-lhe que notou e use palavras de agradecimento”, diz Samalin.

Por exemplo: “Obrigado, Pedro, gosto do jeito que você ajudou sua irmã a guardar seus brinquedos”, ou “Jéssica, fiquei impressionado com a forma como você resolveu seu problema da lição de casa”. Um pouco de reconhecimento positivo é muito importante.

4 – Seu filho faz coisas prejudiciais sem se sentir culpado

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: Sempre que seu filho tiver dificuldade em demonstrar empatia, torne evidente o impacto que suas ações têm nas emoções dos outros.

Fale com ele sobre como os outros se sentem e dê a ele a oportunidade de ver as coisas sob um ponto de vista diferente. “Fale sobre seus sentimentos”, diz Samalin. “Mas não ataque seu filho.”

5 – Seu filho não se importa com como você se sente

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: Mais uma vez, trata-se de ajudar seu filho a perceber que não é tudo sobre ele. “Quando você está furioso com seu filho, use ‘eu’ ao invés de ‘você’”, diz Samalin.

“É muito melhor dizer ‘estou bravo’ do que ‘você é ruim’.” Tente esses exemplos na próxima vez que seu temperamento explodir: “Eu fico bravo quando você está atrasado e não ligou.” “Eu não vou falar assim.” “Eu estou nervoso com a visão deste quarto.” “Eu estou saindo deste quarto pra que eu possa me acalmar.”

6 – Seu filho culpa os outros por seus erros

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: A maioria dos pais está familiarizada com as seguintes palavras: “Não é minha culpa.” É impossível disciplinar uma criança sem deixar claro quais são suas obrigações. Então, em vez de você culpá-los, ensine seu filho a prestar contas por suas escolhas, boas e ruins.

A maneira mais fácil de fazer isso? Tornar a responsabilidade tangível. “Escreva uma nota ou dê um jeito de sinalizar para o seu filho”, sugere Samalin. “As crianças sempre leem suas anotações e podem até escrever de volta!” Um bom exemplo: “Filhão, aqui está o que tem que ser feito hoje, antes de ver TV: Roupas limpas penduradas no armário. Pratos lavados e secos no armário. Obrigado pela sua ajuda. Com amor, Papai.”

7 – Seu filho é mandão

 

7 sinais de que seu filho precisa de mais disciplina e o que fazer em cada situação - Papo de Pai

Solução: “Para as crianças que lutam com quem está no controle, dar a elas a oportunidade de fazer uma escolha pode ajudar – embora não muito”, diz Samalin.

Pergunte se eles preferem torradas ou um pãozinho. Deixe-os escolher entre ler uma história ou jogar um jogo durante o tempo livre. Se o tempo do banho é uma luta, deixe-os escolher entre um banho de chuveiro ou banheira. Você ainda está no controle da programação e as coisas que precisam ser concluídas serão concluídas, mas desse modo todos podem opinar.


 

Fonte: Fatherly   |  Tradução e adaptação: Redação Papo de Pai

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.