Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Que tipo de abstinência meus filhos devem fazer na Quaresma?

SOLIDARITY
Dmytro Zinkevych - Shutterstock
Compartilhar

Meus filhos querem escolher sua própria disciplina quaresmal, mas eu tenho algumas ideias para propor a eles

Quando meus filhos eram mais novos, a Quaresma era fácil. Mais simples, na verdade. Qualquer que fosse a nossa abstinência quaresmal (não comer doces, não ver TV…), era um assunto de família. Nós nos abstínhamos de chocolate ou deixávamos de lado nosso programa favorito. Havia unidade e solidariedade, e nossa penitência nos ajudava a estar mais perto de Deus e mais perto de cada um de nós.

No entanto, à medida que crescem, meus filhos insistem em escolher suas próprias disciplinas da Quaresma. Isso faz sentido. Enquanto alguém pode sentir a necessidade de negar-se doces, outro pode se sentir chamado a cortar as mídias sociais. Ainda outro pode decidir parar de comer qualquer coisa verde (uma sugestão que foi rápida e decididamente desencorajada).

Mas meus filhos costumam fazer um bom trabalho de discernimento do que eles precisam fazer para se preparar para a Páscoa. Dito isto, eu, sempre a mãe prestativa, estou sempre pronta a oferecer sugestões para que eles possam crescer em virtude durante a época da Quaresma e depois.

Ajudar com a louça. Lavar alguma louça, secar e guardar. É uma tarefa em que eles podem se implicar. E se eles puderem fazer isso de tal forma que você não tenha de acompanhar e reorganizar todos os pratos, certamente vale pelo menos uma indulgência parcial.

Alimentar o cachorro. Talvez isso não conte como uma grande obra de misericórdia, mas definitivamente se enquadra no mandamento de “Honrar teu pai e tua mãe”.

Roupa suja ou fora de uso. Juntar a roupa suja espalhada pelo quarto. Colocar no cesto correto ou, para os maiores, colocar na máquina para lavar. E para as roupas que estão fora de uso, separá-las para doação.

Esforço escolar. Tentar se esforçar mais nos estudos e nas tarefas. Não ficar pedindo ajuda para a mamãe diante de qualquer dificuldade. Tente superá-la. Com Deus tudo é possível!

Não comer guloseimas. Limpar os esconderijos de doces e fazer um esforço extra para deixar de lado as guloseimas.

Juntar suas coisas. Juntas os calçados, mochila, jaqueta, meias e não deixar tudo espalhado na sala. Guardar cada coisa no seu lugar correspondente.

Parar de reclamar. Parar de murmurar, de reclamar e e de falar mal da mamãe e do papai. Deus não é o único que vê tudo.

Aceitar mais abraços, permanecer mais tempo à mesa. Um pouco mais de afeto e boa conversa farão muito bem à virtude neste tempo.

É claro que à medida que a Quaresma avança, poderemos melhorar essa lista. Mas acredito sinceramente que, por hora, meus filhos vão achar minhas sugestões extremamente edificantes. De qualquer forma, espero que, pelo menos, minhas orações e meu amor os ajudem em sua jornada rumo à Páscoa.