Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Pe. Zezinho sobre queda de avião: “A vida é um empréstimo”

Pe Zezinho avião Ethiopian
Pe. Zezinho / Ethiopian Airlines (Reprodução)
Compartilhar

"A vida não é nossa. Apenas a pilotamos. Alguém maior do que nós põe a gente aqui e depois nos leva para viver com ele"

O pe. Zezinho compartilhou em seu perfil no Facebook uma reflexão sobre a preciosidade e a fragilidade da vida diante de mais uma tragédia que comove a humanidade: a queda do avião da Ethiopian Airlines, na manhã deste domingo, matando todas as 157 pessoas a bordo do voo que tinha partido de Adis Abeba rumo a Nairóbi.

Ele reflete que, no fim das contas, “a vida é um empréstimo“.

CAIU MAIS UM AVIÃO!

Aviões? De vez em quando cai um. É tudo calculado, meticulosamente checado e mais dez mil pessoas participaram na fabricação, peça por peça, desde as quase invisíveis, aos gigantescos e potentíssimos motores. E são centenas de computadores calculando tudo. Isto, para levar 150 a 250 pessoas ao seu destino!

No entanto, uma pequena peça, uma ave que enrosca no motor, uma distração do piloto, uma borrasca que cobre o avião de gelo, uma aleta que não se dobrou e morrem todos os passageiros.

Nada é totalmente seguro. Nem seu carro, nem seu barco, nem sua bicicleta, nem seu fogão, nem aquela escada rolante do shopping. Nem a asa delta, nem o bolo que vc comprou, nem o peixe do restaurante.

Ninguém pode dizer que sairá vivo de casa e voltará vivo. Desde o feto até ao velhinho de 107 anos a vida é um risco e a morte uma possibilidade que teimamos em ignorar.

Por isso, existe a religião. Pelo menos, para quem crê em Deus existe o consolo de crer que alguém nos quis aqui e vai nos levar quando ele quiser. Alguns não sofreram e outros sofrem. E por mais que calculemos, só podemos desejar que tudo dê certo como esperamos e sonhamos.

Mas a vida não é nossa. Apenas a pilotamos. E controlar o manche não é o mesmo que controlar tudo no avião chamado VIDA. Alguém maior do que nós põe a gente aqui e depois nos leva para viver com ele.

A vida é um empréstimo de 1 a 110 anos…

_____________

Pe. Zezinho, via Facebook

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.