Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Histórias Inspiradoras

Brasileiro encontra irmão caçula desaparecido há 30 anos: seu amigo e funcionário!

irmãos Maicon e Antônio Nunes

Antônio Nunes

Aleteia Brasil - publicado em 15/03/19

Os dois, assim como o seu irmão do meio, tinham sido adotados cada um por uma família diferente quando ainda eram bebês

O empresário catarinense Antônio Nunes, que tem 35 anos e é conhecido pelos amigos como Tonho, viveu em fevereiro deste ano uma das mais improváveis reviravoltas que poderiam ocorrer na trajetória de uma pessoa da vida real: ele descobriu que um funcionário recentemente contratado para trabalhar na sua empresa era ninguém menos que o seu próprio irmão caçula, com quem nunca havia tido contato em mais de 30 anos.

Sem condições de cuidar das crianças, a mãe de Tonho, Jefferson e Maicon tinha deixado o primeiro filho para ser criado pela avó, enquanto o do meio e depois o caçula foram entregues em adoção, cada um a uma família diferente.

O reencontro dos irmãos maiores

Tonho e Jefferson se reencontraram há cerca de três anos porque a família adotiva do segundo irmão conhecia os parentes do mais velho. Juntos, eles começaram a buscar o caçula, que nem sequer tinham chegado a conhecer: quando Maicon nasceu, os dois maiores já tinham sido entregues às suas novas famílias.

A única pista que tinham de Maicon era vaga: o fato de que a sua adoção havia sido intermediada por uma cabeleireira, funcionária, na época, da antiga rodoviária de Blumenau. Ao conversarem com ela, souberam que o seu último contato fortuito com Maicon tinha ocorrido num domingo de eleição, no Centro de Educação Profissional (Cedup) Hermann Hering.

A inacreditável descoberta do caçula desconhecido

Tonho, que tem uma distribuidora de gás, fazia pessoalmente as entregas do produto a uma empresa cujo conferente se chamava Maicon Luciani, de quem acabou ficando amigo. Ao saber, no final do ano passado, que Maicon tinha perdido o emprego, Tonho ofereceu-lhe vaga na sua própria empresa, onde Maicon passou a trabalhar neste último janeiro.

Em fevereiro, Tonho precisou buscar um funcionário no Paraná e Maicon o acompanhou na viagem, para conhecer o processo de envasamento dos botijões. Durante as horas de conversa ao longo do trajeto, Maicon acabou comentando que o seu sobrenome, antes de ser adotado, “também” era Nunes.

Quem relata a continuação da história é o próprio Tonho, com alegria contagiante, em entrevista ao site da rede NSC:

“Ele continuou a falar que o nome da mãe biológica dele era Sulimar e que havia sido adotado através de uma cabeleireira que trabalhava na rodoviária. Aí eu perguntei:
– O nome do teu pai não era João? Ele disse sim. Eu perguntei: – Tu encontrou a cabeleireira no dia da eleição no Cedup?
Ele disse sim. Aí eu falei: – Gordo, tu és o meu irmão!”

Maicon não conseguia acreditar, mas se rendeu à realidade ao constatar que todas as informações do empresário estavam corretas.

Tonho, entre a felicidade e o assombro, reflete sobre a surpresa reservada a eles pela vida:

Tão perto e, ao mesmo tempo, tão longe! É estranha a sensação… Moramos sempre em bairros vizinhos! Eu sempre procurando e nunca havia passado na minha cabeça que o cara estava do meu lado!”

De fato, durante a vida inteira,os dois irmãos que não se conheciam tinham morado a menos de 5 quilômetros um do outro.

Dizem que “os verdadeiros amigos são irmãos que a gente escolhe“. Tonho e Maicon podem testemunhar que, pelas linhas tortas em que Deus escreve certo, também os verdadeiros irmãos podem ser amigos que a gente escolhe.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AmizadeFamíliairmaos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia