Aleteia
Quinta-feira 01 Outubro |
São Bavão de Gand
Religião

Papa: grandes cidades não devem temer a bondade e a caridade

POPE CAMPIDOGLIO

Massimo Valicchia/NurPhoto / AFP

Reportagem local | Vatican News | Mar 26, 2019

Essas virtudes geram uma sociedade pacífica, capaz de multiplicar as forças e de enfrentar os problemas com seriedade

O Papa Francisco visitou na manhã desta quarta-feira o Capitólio, em Roma, onde foi recebido pela prefeita, Virginia Raggi.

Do escritório da prefeita, o Santo Padre pôde admirar o panorama dos Foros Romanos e manter um colóquio privado com as autoridades locais.

Depois, foi a vez dos assessores da capital cumprimentarem o Papa e receberem dele uma cópia do livro “Repensar o futuro”, com discursos sobre a Europa.

Após a assinatura do Livro de Ouro Capitolino, seja o Papa, seja a prefeita, pronunciaram os seus discursos.

O Pontífice fez uma verdadeira ode à “Cidade Eterna”, recordando seu passado glorioso de encruzilhada de civilizações até se tornar o centro do Catolicismo.

Roma

“Roma, no decorrer dos seus quase 2.800 anos de história, soube acolher e integrar diversas populações e pessoas provenientes de diferentes partes do mundo”, destacou o Papa. Seu rico patrimônio artístico, cultural e religioso fez da cidade meta de turistas e peregrinos.

Por isso, prosseguiu o Pontífice, Roma num certo sentido obriga o poder temporal e o poder espiritual a dialogarem constantemente, a colaborarem estavelmente no respeito recíproco. E não só, requer-se também criatividade, seja ao tecer boas relações, seja ao enfrentar os inúmeros problemas que a gestão de uma herança assim tão imensa traz necessariamente consigo.

A ‘Cidade eterna’ é como um enorme cofre de tesouros espirituais, históricos, artísticos e institucionais e, ao mesmo tempo, é o local habitado por cerca de três milhões de pessoas, que são a honra e a fadiga de cada administrador, de quem quer que se empenhe pelo bem comum da cidade.

Coliseu

Para o Papa, o Capitólio, a Cúpula de Michelangelo e o Coliseu são os emblemas e a síntese dessa cidade que possui uma vocação universal, mas que exige uma “coragem criativa” para que tanto esplendor não se degrade.

Mais decisivo ainda, acrescentou Francisco, é que Roma se mantenha à altura de sua tarefa e da sua história, que saiba ser, não obstante as atuais circunstâncias, farol de civilidade e mestre de acolhimento.

Periferias

Francisco garantiu o compromisso e a colaboração da Igreja para que os romanos reencontrem o sentido de pertença. “Roma exige e merece a real, sábia e generosa colaboração de todos”, sobretudo nas periferias, onde inúmeros migrantes que fugiram de guerras e da miséria encontraram refúgio.

Roma, cidade acolhedora, é chamada a enfrentar este desafio epocal no sulco da sua nobre história; a utilizar as suas energias para acolher e integrar, para transformar tensões e problemas em oportunidades de encontro e de crescimento. Roma, fecundada pelo sangue dos mártires, saiba extrair da sua cultura, plasmada pela fé em Cristo, os recursos de criatividade e de caridade necessárias para superar os medos. (…) Roma é cidade de pontes, jamais de muros!

Para isso, concluiu o Papa, não se devem temer a bondade e a caridade, que geram uma sociedade pacífica, capaz de multiplicar as forças e de enfrentar os problemas com seriedade, com mais dignidade e respeito por todos.

Maria Salus Populi Romani

Francisco confiou todos os administradores à proteção de Maria Salus Populi Romani e dos santos padroeiros Pedro e Paulo. “Que vocês possam ser concordes a serviço desta amada Cidade, na qual o Senhor me chamou a desempenhar meu ministério episcopal.”

Antes de o Papa regressar ao Vaticano, houve ainda a troca de presentes, a saudação aos residentes e aos funcionários da prefeitura.

(Com Vatican News)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Paparoma
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Com afastamento do pe. Robson, o Santuário de...
A12
3 armas fortes de São Miguel Arcanjo
Gelsomino Del Guercio
A misteriosa linha reta que une 7 santuários ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Silvia Lucchetti
Gestante com câncer recusa aborto: ela e o be...
SAINT MICHAEL
Arcanjo Miguel
15 de agosto: começa a Quaresma de São Miguel...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia