Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Espiritualidade

Pe. Reginaldo Manzotti: o impacto da ressurreição é mais forte que uma bomba atômica

Waiting for the Word - CC

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 02/04/19

A certeza do Ressuscitado sentimos em nossa carne, em nossa vida, nosso pensar, nosso agir, nosso querer, nosso buscar. Vale a pena acreditar e ter esperança

Jesus ressuscitou. A história ganha um novo significado. O impacto da

ressurreição é mais forte que uma bomba atômica. O que aconteceu em Jesus

é milhares de vezes mais forte do que qualquer força que possamos descrever,

porque o sepulcro era o fim de todos nós, a morte era a rival que no final da

história dizia: “eu te venci!”. Mas Ele ressuscitou, então a morte que era o fim,

vira uma passagem. Esta vida que era tudo, ganha uma outra dimensão com

Deus, em Cristo Jesus.

Ele ressuscitou! Este fato nos mostra que a cruz foi apenas um momento, mas

não o fim. Ele lá esteve, mas não está mais. O que antes eram feridas abertas,

de pregos cravados na dor, tornaram-se chagas gloriosas. O que antes era

motivo de lágrimas, na ressurreição se torna cântico de vitória, Jesus

ressuscitou.

Quem celebra a Semana Santa e se debruça sobre os acontecimentos, sabe

que, verdadeiramente Jesus padeceu. É fato que Pôncio Pilatos existiu, é fato

que o Cristo foi traído, que o homem de Nazaré, o Mestre da Galileia, terminou

de uma forma horrenda e decepcionante para aqueles que pensavam em uma

glória imediata. Uma morte numa cruz, escarnecido e desfigurado.

Uma morte desumana, crucificado às 9h e vindo a morrer às 15h. Quem já

esteve no leito de morte de uma pessoa, sabe que diante do sofrimento

agonizante, minutos se tornam horas e horas se tornam uma eternidade.

Acredito no Santo Sudário, mas não há maior evidência, não há prova maior do

que aconteceu, senão que o sepulcro estava vazio. Isso foi testemunhado e

confirmado pelas mulheres na madrugada da ressurreição, assim como, pelos

amados de Jesus.

Não é uma questão científica e histórica, mas os sinais do Ressuscitado falam

por si só. Os sinais da presença do Deus vivo transformam a vida. São Paulo

diz sobre o Cristo Ressuscitado: “Já não sou eu que vivo, pois é Cristo que vive em mim” (Gl 2,20). Não tem expressão melhor que essa. A certeza do

Ressuscitado sentimos em nossa carne, em nossa vida, nosso pensar, nosso

agir, nosso querer, nosso buscar. Vale a pena acreditar e ter esperança.

Uma santa e feliz Páscoa acontecerá na medida em que nos abrirmos à graça

do Ressuscitado. E esse processo não é só um dia, a Páscoa não é somente

um dia. É uma pena que muitos tenham reduzido essa festa apenas ao

chocolate. Somos chamados a celebrar a grande Festa da Páscoa em oito

dias, como se fosse um dia só, é a Oitava da Páscoa. Vale lembrar que todos

os domingos, quando participamos da celebração Eucarística, estamos

fazendo memória da Páscoa do Senhor.

A começar pelo Domingo da Páscoa até Pentecostes, fazemos uma catequese

da ressurreição, porque os sinais da ressurreição estão na própria liturgia do

Tempo Pascal. E dentro desse tempo acontece, no Segundo Domingo da

Páscoa a Festa da Misericórdia. As aparições de Jesus não terminaram com os

apóstolos.

Santa Faustina, uma religiosa polonesa, recebeu mensagens de Jesus, onde

Ele revelou querer ser conhecido pela Sua misericórdia. Posteriormente Ele a

visitou mostrando-lhe seu coração trespassado do qual saíam raios de luz

branca (a água do batismo) e vermelha (seu sangue) e lhe encomendou a

missão de dar a conhecer sua misericórdia.

Padre Reginaldo Manzotti é fundador e presidente da Associação Evangelizar
é Preciso – Obra considerada benfeitora nacional que objetiva a evangelização
pelos meios de comunicação – e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de
Guadalupe, em Curitiba (PR). Apresenta diariamente programas de rádio e TV
que são retransmitidos e exibidos em parceria com milhares de emissoras no
país e algumas no exterior. Site: http://www.padrereginaldomanzotti.org.br.
Facebook: http://www.fb.com/padrereginaldomanzotti. | Twitter: @padremanzotti |
Instagram: @padremanzotti | Youtube: youtube.com/PadreReginaldo Manzotti

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
PáscoaRessurreição
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia