Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O Papa Francisco recorda os 2 propósitos da sexualidade

Compartilhar

Ele dedica parte da nova exortação apostólica "Christus vivit" à vocação matrimonial

A exortação apostólica pós-sinodal Christus vivit (“Cristo vive”), que o Papa Francisco divulgou nesta terça-feira, 2 de abril, recorda que a sexualidade humana tem “dois propósitos: amar-se e gerar vida“.

Ao tratar da vocação matrimonial, o Papa reforça:

“Deus nos criou sexuados. Ele próprio criou a sexualidade, que é um presente maravilhoso para as suas criaturas. Dentro da vocação para o matrimônio, devemos reconhecer, agradecidos, que a sexualidade, o sexo, são um dom de Deus”.

“Apraz-me pensar que dois cristãos que se casam reconheceram na sua história de amor o chamado de nosso Senhor, a vocação a formar de duas pessoas, varão e mulher, uma só carne, uma só vida. E o sacramento do Matrimônio corrobora este amor com a graça de Deus, arraigando-o no próprio Deus. Com este dom, com a certeza desta vocação, é possível começar com segurança, sem medo de nada, para juntos enfrentar tudo!”.

O Papa fala também dos desafios e recompensas dessa vocação:

“Vale a pena apostar na família. Nela vocês encontrarão os melhores estímulos para amadurecer e as mais belas alegrias para partilhar. Não deixem que lhes roubem a possibilidade de amar a sério. Não se deixem enganar por quem lhes propõe uma vida desenfreada e individualista, que acaba por levar ao isolamento e à pior solidão”.

Francisco observou que existe hoje “a cultura do provisório, que é uma ilusão”, e, diante dela, convidou a uma preparação mais sólida para o matrimônio:

“É necessário preparar-se para o matrimônio. Isto requer educar-se a si mesmo, desenvolver as melhores virtudes, principalmente o amor, a paciência, a capacidade de diálogo e de serviço. Requer também educar a própria sexualidade, para que seja cada vez menos um instrumento de uso dos outros e cada vez mais uma capacidade de doar-se plenamente a uma pessoa, de maneira exclusiva e generosa”.

A exortação apostólica pós-sinodal Christus vivit, assinada no último dia 25 de março no santuário mariano da Santa Casa de Loreto, aborda temas discutidos no Sínodo dos Bispos realizado em outubro de 2018, no Vaticano, sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional.

Acesse grátis o texto completo

A íntegra da exortação pode ser lida e baixada em formato PDF diretamente do site do Vaticano, já em sua versão oficial em português:

ACESSE AQUI

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.