Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconReligião
line break icon

Milagre eucarístico de Sokólka: hóstia é tecido do coração de uma pessoa em agonia

BLEEDING HOST

sokolka.archibial.pl

Reportagem local - publicado em 13/04/19

Conclusões vêm de análises patomorfológicas da hóstia feitas em laboratório e estudadas criteriosamente por um comitê de cientistas

A transformação do pão e do vinho no verdadeiro Corpo e Sangue de Jesus Cristo acontece todos os dias, em todos os altares do mundo. Ao recebermos a comunhão, porém, só podemos testemunhar esse milagre pela fé: aos nossos sentidos, é oferecida apenas a forma do pão e do vinho, fisicamente inalterada pela consagração.

Mas há acontecimentos, como o milagre eucarístico de Sokólka, na Polônia, que acrescentam à nossa fé no Cristo Eucaristia uma evidência também sensorial da Sua Presença Real na hóstia consagrada. Ou que, em todo caso, tornam ainda mais misteriosa e extraordinária essa dádiva única ofertada por Ele próprio aos seus seguidores que acreditam integralmente em Suas palavras na Última Ceia.

*

Os 5 mini-capítulos de um relato extraordinário: um milagre fisicamente visível!

*

1 – UMA HÓSTIA CONSAGRADA CAI AO CHÃO

12 de outubro de 2008. Domingo. O servo de Deus pe. Miguel Sopocko acaba de ser beatificado. Na Santa Missa da igreja paroquial de Santo Antônio de Sokólka, às 8h30, uma hóstia consagrada cai das mãos de um dos sacerdotes na hora da comunhão, junto ao altar. O padre interrompe a distribuição da comunhão, recolhe a hóstia do chão e, fiel às normas litúrgicas, a coloca no vásculum, pequeno recipiente com água que é mantido costumeiramente ao lado do sacrário para que o sacerdote lave os dedos após distribuir a Santa Eucaristia. Via de regra, o Corpo de Cristo nas formas da hóstia consagrada se dissolve naquele recipiente, com a reverência que Lhe é devida.

Naquele dia, quem servia como sacristã da paróquia era a irmã Julia Dubowska, das Irmãs Eucarísticas. A pedido do pároco, pe. Stanislaw Gniedziejko, ela despejou o conteúdo do vásculum ao fim da missa em outro recipiente, já que a hóstia consagrada levaria algum tempo para se dissolver. O outro recipiente, por sua vez, foi guardado respeitosamente no cofre da sacristia da paróquia. Só ela e o pároco tinham as chaves.

2 – O SANGUE DE CRISTO FLUÍDO DA HÓSTIA

19 de outubro de 2008. Domingo das Missões. Após a indagação do pároco sobre o estado da hóstia, a irmã Julia vai até o cofre. Abre a porta. Um aroma delicado de pão ázimo se manifesta. Quando ela abre o recipiente, o inesperado: enquanto a água permanece incolor e limpa, há no meio da hóstia em dissolução o que se parece com um coágulo de sangue: uma mancha arqueada de cor vermelha intensa. O Corpo de Cristo tinha sangrado.

A irmã corre até o padre, que traz consigo outros sacerdotes locais e o missionário pe. Ryszard Górowski. Todos ficam atônitos diante do que veem.

3 – UM LONGO PERÍODO DE PRUDENTE DISCERNIMENTO

O grupo preserva sabiamente a discrição e a prudência, consciente da seriedade do ocorrido. Eles sabem que estão diante do Corpo do Senhor, mas também sabem que, humanamente, é preciso analisar se aquela alteração no fragmento da hóstia é fruto de uma reação química naturalmente explicável.

Eles notificam o arcebispo metropolitano de Bialystok, dom Edward Ozorowski, que vai a Sokólka com o chanceler da cúria e outros sacerdotes e catedráticos. Dom Edward indica que a hóstia seja levada para a capela da Misericórdia Divina, na própria casa paroquial, e guardada no sacrário. No dia seguinte a isto, ainda por decisão do arcebispo, a hóstia com a mancha visível é retirada da água e, colocada sobre um pequeno corporal, é reposta no sacrário, sendo ali conservada durante 3 anos até ser solenemente transportada à igreja, em 2 de outubro de 2011.

O primeiro ano de preservação em segredo serviu como tempo de reflexão e discernimento daquele extraordinário sinal de Deus.

4 – AS ANÁLISES CIENTÍFICAS

O fragmento da hóstia alterada foi secando naturalmente, mas permaneceu como coágulo de sangue. Em janeiro de 2009, o arcebispo solicitou análises patomorfológicas da hóstia e, em 30 de março, criou uma comissão eclesial para estudar a fundo aquele muito provável milagre eucarístico do século XXI.

O fragmento que sofrera a transformação foi analisado pela professora dra. Maria Sobaniec-Lotowska e pelo professor dr. Stanislaw Sulkowski, mas de forma independente um do outro para garantir a consistência dos resultados. Os dois são patomorfologistas da Universidade de Medicina de Bialystok e fizeram suas análises no Instituto de Patomorfologia da mesma universidade, sob as normas e diretrizes do Comitê de Ética Científica da Academia Polonesa de Ciências.

Todos os exames foram documentados e fotografados minuciosamente e entregues à Cúria Metropolitana de Bialystok.

Quando foram recolhidas as amostras para análise, a parte não dissolvida da hóstia consagrada estava incrustada no tecido do corporal, mas, mesmo seco e frágil, o fragmento com o Sangue permanecia estreitamente unido à parte restante da hóstia.

Os resultados das duas análises independentes se revelaram perfeitamente coerentes entre si e coincidiram numa conclusão extraordinária: a estrutura do fragmento da hóstia que havia sido analisada corresponde à do tecido do músculo do coração de uma pessoa VIVA, mas em estado de agonia.

5 – A COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA DE UM MILAGRE

Segundo as análises realizadas:

  • A estrutura da fibra do músculo do coração e a estrutura do pão estavam interligadas de forma tão estreita que teria sido impossível forjá-la por ingerência humana, conforme atestou a dra. Maria Sobaniec-Lotowska.
  • Não foi adicionada qualquer substância à hóstia consagrada.
  • O fato de que o fragmento assumiu a forma de tecido do músculo do coração de uma pessoa em estado de agonia não é explicável pelas ciências naturais.

Com base no resultado das análises patomorfológicas recebidas, a Cúria Metropolitana de Bialystok declarou mediante comunicado oficial:

“O acontecimento de Sokólka não se opõe à fé da Igreja, mas a confirma. A Igreja professa que, após as palavras da consagração, pelo poder do Espírito Santo, o pão se transforma no Corpo de Cristo e o vinho no Seu Sangue. Além disso, trata-se de um chamamento para que os ministros da Eucaristia distribuam o Corpo do Senhor com fé e cuidado e que os fiéis O recebam com adoração”.

_________________

A partir de informações do site sokolka.archibial.pl

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EucaristiaJesusMilagre
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia