Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

10 tradições da Sexta-feira Santa ao redor do mundo

BENSHEIM
AFP
Compartilhar

De procissões a brincadeiras como soltar pipa: fique por dentro das muitas tradições que envolvem este dia santo

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

A Sexta-feira Santa marca o dia em que Jesus foi morto. Ao redor do mundo, os cristãos celebram a data de várias formas, que variam de acordo com a tradição cultural e religiosa. 

Na maioria dos países, multidões participam de procissões e encenações que representam a Paixão de Cristo. 

No Brasil, a encenação mais conhecida é a que acontece em Nova Jerusalém, no estado de Pernambuco. A cidade tem o maior teatro ao ar livre do mundo e, desde 1968, o espetáculo “A Paixão de Cristo” já foi assistido por mais de quatro milhões de pessoas. Todos os anos, atores famosos representam os personagens bíblicos que marcaram os últimos momentos de Cristo na Terra. 

Cena do Fórum Romano. Foto: Fábio Jordão / Reprodução Facebook Paixão de Cristo Nova Jerusalém

Clique em “Abrir a galeria de fotos” e saiba como é celebrada a Sexta-feira Santa ao redor do mundo. 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.