Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A Ressurreição de Jesus na arte

Hans Rottenhammer (1564–1625) ~ Resurrection of Christ
Compartilhar

Um tema relativamente novo na arte cristã

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

[Abrir Galeria de Fotos]

A Ressurreição de Jesus, claro, foi fundamental para a fé cristã e, consequentemente, para a arte cristã. Ela foi representada como uma cena, um único ícone ou como fato pertencente ao ciclo da vida de Cristo (mais especificamente, à narrativa da Paixão de Cristo). Curiosamente, a Ressurreição é um motivo relativamente recente na arte cristã. Pode-se dizer que é um motivo gótico clássico, em vez de um motivo bizantino ou românico.

Durante quase todos os primeiros dez séculos do Cristianismo, a Ressurreição na arte era uma representação  simbólica da vitória de Cristo sobre a morte. O mais comum deles seria o monograma de Chi Rho, com as duas primeiras letras gregas do nome de Cristo rodeadas por uma coroa sagrada que simboliza a ascensão triunfante de Cristo. Mais tarde, as cenas descritas nos Evangelhos (em particular, os discípulos que encontram a sepultura vazia e o encontro com Maria Madalena – o conhecido motivo Noli Me Tangere) foram então representadas. Outras cenas da tradição, como a Harrowing of Hell, que já estava sendo retratada na arte bizantina e ortodoxa oriental, também se popularizaram no Ocidente.

Clique em “Abrir a galeria de imagens” e conheça uma mostra das representações da Ressurreição na arte. 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.