Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconEstilo de vida
line break icon

4 mentiras que estão te deixando dependente dele (ou dela)

María del Castillo - publicado em 24/04/19

Estes tipos de pensamento não fazem bem nem para você nem para o seu relacionamento

Existem algumas mentiras que podem se incorporar ao seu repertório de crenças e que talvez tenham se transformado em uma busca constante de atenção. Isso não faz bem nem para você nem para o seu relacionamento. Seria legal evitar estes tipos de pensamentos:

  1. Preciso muito dele/dela

Você passa a acreditar que precisa do outro porque se sente incapaz de se valorizar e pensa que só ele/ela pode te preencher, compreender e amar. Além disso, você acha que a sua felicidade está nas mãos dessa pessoa.

Isso não é verdade. Você já não é mais uma criança, que precisa de atenção. Você tem seus recursos emocionais e intelectuais suficientes para não depender de ninguém.


  1. Não sei o que quero…

Você se sente incapaz de tomar decisões e sempre busca a aprovação do outro, pois tem um medo profundo de errar. Com isso, você acaba priorizando as necessidades dos outros, em detrimento das suas.

Lembre-se de que você também tem necessidades e que precisa expressá-las. Não deixe que os outros adivinhem o que acontece com você.


  1. Preciso ter tudo sob controle…

Você sente que precisa controlar tudo, pois a incerteza te faz sofrer. Esta é uma das maiores causas de frustração e infelicidade do ser humano. A vida é imprevisível, evolui e atravessa diferentes etapas – assim como as relações interpessoais.


  1. Jamais mudarei…

Você treinou a sua mente para ver a realidade a partir de um ponto de vista específico. Por isso, agora, a mudança parece algo impossível.

Mas saiba que seu cérebro busca maior nível de bem-estar com o menor esforço. Por isso é que a mudança precisa ser treinada, ou seja, requer compromisso, trabalho, constância e incorporação de novas crenças e hábitos.

Conhecer-se, amar-se e não depender dos outros requerem tempo e trabalho, pois é preciso aprender a ver a vida e os fatos a partir de uma nova perspectiva.

Trate-se com doçura e paciência. Você tem o direito de errar.Permita-se a oportunidade de ensaiar e aprender. Sempre!

Tags:
PsicologiaRelacionamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia