Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco: “Se você não perdoar aos outros, Deus não poderá perdoar a você”

Compartilhar

Na catequese desta manhã, ele retomou as reflexões sobre o Pai-Nosso

Retomando hoje as catequeses sobre o Pai-Nosso, o Papa Francisco abordou as implicações do trecho em que pedimos a Deus:

Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido“.

A ênfase desta catequese foi na segunda parte desta petição: aquela em que nós vinculamos o recebimento do perdão de Deus ao perdão que nós próprios oferecemos a quem nos ofendeu.

O Papa recordou:

“Quem recebeu deve aprender a dar, e não reter para si mesmo o que recebeu. O Evangelho de Mateus destaca justamente essa frase do perdão fraterno: ‘Se perdoardes aos homens as suas ofensas, também o vosso Pai celestial perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também o vosso Pai não perdoará as vossas’”.

E enfatizou:

“Isso é forte! Algumas vezes ouvi pessoas dizerem que não perdoariam jamais. Mas se você não perdoar, Deus não perdoará (…) Pensemos aqui se somos capazes de perdoar. Se você não conseguir, peça a nosso Senhor que lhe dê a força!”.

Francisco também evocou o Tempo Pascal em que estamos agora, dado que ele é especialmente propício ao perdão:

“Pensemos, nesta semana de Páscoa, tão bela, se estamos dispostos a perdoar (…) Deus dá a cada cristão a graça de escrever uma história de bem na vida dos seus irmãos, especialmente daqueles que fizeram coisas ruins. Com uma palavra, um abraço e um sorriso, podemos transmitir aos outros aquilo que recebemos de mais precioso: o perdão”.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.