Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Cardeal venezuelano: “Juan Guiadó representa esperança do povo”

BALTAZAR PORRAS
Foto: Jose Cohen
Compartilhar

Já o regime ditatorial de Nicolás Maduro, segundo o mesmo cardeal, perdeu “credibilidade, confiança e legitimidade”

O cardeal venezuelano Baltazar Porras declarou hoje que o regime ditatorial de Nicolás Maduro perdeu “credibilidade, confiança e legitimidade”. Ele aponta no presidente interino, Juan Guaidó, a “esperança do povo” e diz que é necessário que a solução para a crise no país seja rápida, pacífica e sem intervenção externa.

Juan Guaidó, segundo o cardeal, “é neste momento a esperança do povo de encontrar uma solução o mais pacífica possível para o bem-estar de todos, incluindo os seguidores do regime atual”.

Em vídeo publicado no Twitter, o próprio Guaidó afirmou nesta tarde que “o fim definitivo de usurpação começou hoje”. Já o governo de Maduro apelou para a narrativa típica da sua ideologia para descrever o levante popular que hoje se intensificou: “golpe“.

Com informações da agência Ecclesia

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.