Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco autoriza peregrinações a Medjugorje – mas com ressalvas

MEDJUGORJE
By bibiphoto | Shutterstock
Compartilhar

Anúncio foi comunicado neste domingo, 12 de maio

O Papa Francisco autorizou peregrinações a Medjugorje, em decisão que foi comunicada ao público neste domingo, 12 de maio, pelo núncio apostólico na Bósnia-Herzegovina, dom Luigi Pezzuto, e pelo arcebispo dom Henryk Hoser, visitador apostólico designado para a paróquia de Medjugorje em 2018 pelo próprio pontífice.

Alessandro Gisotti, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, esclareceu, porém, que é preciso tomar cuidados para que essas peregrinações não sejam interpretadas como uma “autenticação dos eventos conhecidos, que ainda requerem um exame pela Igreja“.

De fato, a Igreja continua estudando as alegadas aparições de Nossa Senhora a seis crianças do lugar, em 1981. Desde que essas supostas aparições foram conhecidas, Medjugorje se transformou em local de peregrinação para milhares de católicos do mundo inteiro.

As visitas coletivas chegaram a ser proibidas pelo então prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, o cardeal Joseph Ratzinger, que viria a se tornar o Papa Bento XVI. Uma comissão criada para investigar o caso compôs um relatório entregue a Francisco em 2014, mas ainda não publicado.

O comunicado vaticano deste domingo observa:

“Considerado o fluxo considerável de pessoas que vão a Medjugorje e os abundantes frutos de graça que se seguiram, esta determinação é parte da atenção pastoral particular que o Santo Padre pretendia dar a essa realidade, visando favorecer e promover os frutos do bem”.

Ao mesmo tempo, é preciso “evitar que tais peregrinações criem confusão ou ambiguidade de um ponto de vista doutrinário“.

__________

Com informações do Vatican News

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.