Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Brasileiro vai disputar concurso para a restauração da Notre-Dame

Compartilhar

O projeto prevê a construção de uma estrutura de vitrais para compor o novo telhado e a torre da catedral atingida por um incêndio

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

Após a divulgação de que será realizado um concurso internacional de arquitetura para a reconstrução da cobertura e do pináculo (popularmente conhecido como “agulha” ou “flecha”) da Catedral de Notre-Dame de Paris, escritórios de arquitetura e designers profissionais passaram a divulgar nas redes sociais ideias de projetos que atendem aos objetivos dos realizadores da competição: dar ao edifício de 850 anos um nova torre central “adaptada às técnicas e desafios de nossos tempos”.
Entre os trabalhos que mais chamaram atenção dos internautas está a proposta do brasileiro Alexandre Fantozzi. Pelo projeto que ele criou, todo o telhado e a torre da catedral seriam revestidos por vitrais, material que segundo a arte gótica significa a conexão entre o céu e a terra.
Ao que tudo indica, Fantozzi se inspirou nas três rosáceas dos séculos XII e XII que compõem a fachada da catedral.
Em sua conta no Instagram, o arquiteto escreveu que “a matéria-prima desse vitral é feita de alta tecnologia, produzida por uma renomada fábrica francesa. Os vidros têm proteção solar, mas isso não gera mudanças estéticas no projeto”.
Sem pretensão de inserir novos elementos arquitetônicos na tradicional construção, os designs da cobertura e da agulha são idênticos aos originalmente criados na época em que a catedral foi erguida.
Em entrevista à RFI, Fantozzi contou que os vitrais foram uma inspiração pela catedral ser no estilo gótico e que o projeto envolveria a elaboração de uma estrutura metálica leve, sobre a qual seriam encaixados os painéis de vidro, “como um Lego”.
Segundo ele, o telhado poderia ainda receber uma iluminação especial à noite, o que ressaltaria ainda mais o aspecto grandioso da catedral. “No gótico, há a conexão entre a Terra e o céu, e dentro da catedral, a iluminação natural se multiplica em cores através do filtro do telhado de vitrais”, disse.

Clique em “Abrir a galeria de fotos” e conheça o projeto.

 

Leia também: Como foi construída a Catedral de Notre Dame de Paris (Vídeo 3D)

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.