Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 24 Outubro |
São José Lê Dang Thi
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Como 20 segundos por dia estão mudando meu casamento

LOVING COUPLE

Shutterstock

Ashley Jonkman - publicado em 15/05/19

O simples ato de um longo abraço tem mais benefícios do que eu imaginava

Recentemente, meu marido e eu passamos por um período difícil. Tínhamos ficado estressados ​​por causa de alguns problemas em nossa família e alguns de nossos aborrecimentos gerais um com o outro começaram a nos distanciar. Ele mergulhou no trabalho. Eu, nas centenas de coisas que uma mãe de três crianças deve fazer todos os dias para manter uma família em ordem. Nós estávamos brigando e percebemos que precisávamos de um reforço. Então, fomos consultar uma conselheira matrimonial para tentar reconectar e fortalecer nosso relacionamento.

No nosso primeiro encontro, ela nos deu um conselho bastante simples, mas profundo. Ela nos disse para passar os primeiros 30 segundos, sempre que meu marido chegasse em casa do trabalho, nos abraçando. Quando ela disse isso, pensei que fosse simplório, pois nós tivemos problemas reais. Eu queria uma análise psicológica, queria que ela dissesse ao meu marido que ele estava errado sobre um certo ponto, ou seja, queria mais do que um simples abraço.

Mas meu marido entrou na onda. Ele obedientemente voltava para casa todos os dias e pedia seu abraço. Nos primeiros dias, foi difícil, porque, quando ele chega em casa, geralmente estou no meio de um jantar – um bebê no colo, e duas crianças fazendo birra. Muitas vezes, a última coisa que eu quero nesse momento é outra pessoa me tocando. No entanto, todo dia ele chegava e ia direto me abraçar. E esse pequeno ato de fidelidade, de parar o que estamos fazendo e de nos voltarmos um para o outro no meio de momentos estressantes, realmente mudou nosso relacionamento.

Cientificamente, isso faz sentido. Quando você abraça um ente querido, a ocitocina – muitas vezes chamada de “hormônio do vínculo” – é liberada na corrente sanguínea, proporcionando amplos benefícios para a saúde.

Abraçar seu cônjuge pode diminuir os hormônios do estresse cortisol e norepinefrina, baixar a pressão arterial e frequência cardíaca, e até mesmo aumentar a imunidade. Tiffany Field, diretora do Touch Research Institute da Faculdade de Medicina da Universidade de Miami, explica: “quando você está abraçando ou acariciando alguém, está estimulando os receptores que disparam um estado de relaxamento.”

Meu marido e eu obviamente não fizemos um estudo científico, mas concordamos com a pesquisa. Nós dois aprendemos a esperar ansiosos pelo nosso pequeno ritual do abraço, e agora também começamos a dar abraços prolongados antes de sairmos em nossas respectivas direções todas as manhãs. Estamos muito menos propensos a brigar ou a criticar depois de um longo abraço na hora do jantar, e os abraços geralmente nos dão um impulso em sentimentos amorosos um pelo outro. Nosso encontro pós-trabalho está fortalecendo toda a nossa família – nossos filhos adoram nos ver abraçando. Eles costumam largar seus brinquedos e se juntar ao abraço. Os sorrisos em seus rostos e o longo momento de completa paz entre todos nós são evidências de que um casamento forte é muito bom para as crianças.

O abraço é uma coisa simples, e de fato pode liberar alguns hormônios relaxantes, mas, sinceramente, acredito que o ato de demonstrar fidelidade um ao outro é o que estimulou um novo senso de crescimento em nosso casamento. Quando nos mantemos fiéis aos nossos votos e demonstramos amor e fidelidade mesmo quando não temos vontade, nossos sentimentos crescem.

Demonstrar amor realmente produz sentimentos amorosos. Então vão em frente, tentem e vejam por si mesmos. Ao se reunir com seu cônjuge após um longo dia de trabalho ou obrigações, faça uma pausa no que você está fazendo e, por 20 segundos ou mais, dê um abraço nele. É provável que isso não conserte tudo nem faça que todos os problemas desapareçam, mas vai te dar uma força, lembrar do porquê você se casou com seu cônjuge e estimular os sentimentos amorosos. É uma ótima rotina para se implementar.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
2
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
3
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
4
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
5
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia