Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 28 Setembro |
Santos Alfeu, Alexandre e Zósimo
home iconEstilo de vida
line break icon

6 razões pelas quais os amigos de infância são tão valiosos quando somos adultos

FRIENDS

Virginia State Parks-(CC BY 2.0)

Dolors Massot - publicado em 17/05/19

Os laços formados no começo da vida deixam uma marca permanente e podem enriquecer nossas vidas agora, mesmo que estejam inativos há anos

Com as redes sociais hoje, não é incomum redescobrir amigos da nossa infância, mesmo 20 ou 30 anos depois de não ouvir nada sobre eles.

Mesmo sem as redes sociais, é fácil reativar as amizades de nossos anos de escola se nós ou nossos amigos ainda estamos vivendo no mesmo lugar e frequentamos os mesmos restaurantes, supermercados e assim por diante. No entanto, muitos de nós ao longo das décadas mudaram-se para outra cidade (às vezes até para outro estado ou país) e acabamos mudando nossas informações de contato. Felizmente, muitas pessoas estão apenas a uma pesquisa no Google ou no Facebook.

No meu caso, uma velha colega meu ligou há alguns anos. Aparentemente, não havia razão especial; ela tinha acabado de relembrar sua infância e sentiu que fazia muito tempo desde que entramos em contato.

O que há nas amizades de infância que deixa uma marca tão profunda em nossas vidas? Por que elas podem desempenhar um papel tão importante para nós?

1

NOSSOS AMIGOS DE INFÂNCIA SÃO PARTE DE NOSSAS RAÍZES

Amigos de infância foram testemunhas de nossos primeiros passos, em todos os sentidos. Juntamente com nossos vizinhos e colegas de classe, aprendemos a somar e subtrair, escrever em letra cursiva, jogar jogos e esportes e assim por diante. Talvez tenhamos aprendido a tocar instrumentos musicais juntos. Acima de tudo, nos divertimos juntos e compartilhamos inúmeras experiências durante esse estágio de nossas vidas.

2

AMIGOS DE INFÂNCIA SABEM ALGUMAS COISAS BÁSICAS SOBRE NÓS

Quando me reuni com meus colegas de classe pela primeira vez em 30 anos, saímos para um piquenique. Tivemos um dia inteiro para compartilhar e atualizar um ao outro, mas mesmo assim, pareceu muito curto. Cada um de nós disse ao grupo sobre nossa profissão atual, se somos casados ​​ou não, e se temos filhos. Muitas coisas vieram à tona, incluindo casamentos e separações, preocupações com a saúde e muitas anedotas de nossa infância que estão para sempre gravadas em nossas memórias e que nos fizeram rir toda vez que nos lembrávamos delas.

No final do dia, todos concordamos em uma coisa: muitos anos se passaram e não há como voltar atrás. No entanto, todos nós ainda temos o mesmo temperamento de quando éramos crianças! Os nervosos ainda são nervosos, os sentimentais ainda são sentimentais, e o mesmo vale para os artistas, os palhaços de turma e os animais de estimação do professor.

3

COM SEUS AMIGOS DE INFÂNCIA, VOCÊ PODE SER QUEM VOCÊ É

Eles nos conhecem há muito tempo e viram nossos defeitos e nossas virtudes. Eles nos viram em minhas diferentes situações e sabem como responderemos em praticamente qualquer situação. Podemos mudar nosso caráter, mas nossos temperamentos básicos permanecem os mesmos. Muitas vezes nos sentimos em casa com esses amigos, porque não precisamos esconder nada – e provavelmente não conseguiríamos se tentássemos.

4

UM VÍNCULO MISTERIOSO NOS MANTÉM PROFUNDAMENTE UNIDOS

Todos sabemos que, se precisarmos de ajuda, nossos amigos de infância estão sempre presentes para nos ajudar, de acordo com suas habilidades. Os laços de nossas experiências compartilhadas criam uma profunda empatia. A amizade que começou na sala de aula, no parquinho, na rua ou no quintal, agora se desenrola no mundo da vida adulta.

5

ELES NOS AJUDAM A FORTALECER NOSSA AUTOESTIMA

Quer as coisas tenham corrido bem ou mal para nós, nossos amigos de infância nos lembram que, para eles, somos – e sempre seremos – valiosos por causa de quem somos. Isso nos ajuda a nos sentir seguros e a continuar lutando em tempos difíceis. Nossos amigos de infância são uma base sólida onde podemos encontrar apoio.

6

ELES NOS AJUDAM A SER REALISTAS

Entretenimento e mídia social muitas vezes projetam um ideal irrealista de vida adulta e familiar. Encontrar-se com amigos de infância pode nos ajudar a ser mais realistas, porque veremos que, com o passar do tempo, eles tiveram experiências muito semelhantes às nossas. Enquanto algumas pessoas têm mais sucesso ou mais dificuldade do que outras, todos nós temos obrigações e compromissos, altos e baixos, alegrias e tristezas. A vida de ninguém é perfeita, e a família de ninguém é sempre tão bonita quanto parece no Instagram. Quando nos vemos refletidos em nossos amigos de infância, isso pode nos ajudar a ser mais fundamentados.

Nada disso significa que não podemos forjar amizades profundas e duradouras mais tarde na vida. No entanto, sempre haverá algo especial sobre essas amizades que fizemos em nossos anos mais formativos, quando um dia passado brincando juntos parecia durar mais do que uma semana inteira de nossas vidas adultas. Enquanto estamos crescendo, literalmente formamos os cérebros e hábitos um do outro durante o tempo que passamos juntos. Nós nos tornamos parte um do outro. É um elo precioso que nunca desaparece completamente.

Tags:
AmizadeRelacionamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Claudio de Castro
O Purgatório e o misterioso alarme das 3 da manhã
2
Broken Mary
Reportagem local
Nasce (e cresce) nos EUA a inspiradora devoção a “Nossa Senhora D...
3
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
4
Caio Batista, jovem ex-protestante que se tornou católico
Reportagem local
Carta de jovem ex-protestante repercute nas redes: “Sim, eu me to...
5
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
6
Santa Missa
Reportagem local
Quanto tempo devemos chegar antes da Missa?
7
Irmã Cecilia
Reportagem local
Quem sorri assim no momento da morte?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia