Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconCultura e Viagem
line break icon

O dia em que a morte foi parar na cadeia

death in prison

Ma. Paola Daud

Maria Paola Daud - publicado em 30/05/19

A ordem de prisão foi dada por um Papa

A basílica de Santa Maria del Popolo, em Roma, é visitada por milhões de turistas todos os anos. Um dos motivos que atraem os visitantes é o fato de ela possuir importantíssimas obras de artes (que podem ser vistas gratuitamente). Entre elas, estão dois trabalhos de Caravaggio: “A conversão de São Paulo” e a “Crucificação de São Pedro”.

A basílica também guarda uma curiosidade que nasceu das lendas do povo romano. Trata-se da “Morte na prisão”.

A história é a seguinte: na Roma dos anos 1300 a 1600 existia uma irmandade chamada “Arciconfraternita della Buona Morte” (Congregação da Boa Morte), cujo trabalho era fazer caridade, dando enterro digno aos mortos encontrados nas estradas. Uma vez encontrados, os mortos eram enterrados na igreja mais próxima.

Certa noite, alguns homens da irmandade encontraram um cadáver perto da Via Flaminia. Eles o recolheram e o levaram para a igreja de Santa Maria del Popolo. Chegando lá, bateram na porta para que os frades a abrissem. Mas eles não ouviram. Então, os homens se viram obrigados a arrombar a porta para entrar. Uma vez lá dentro, levantaram o mármore do piso e enterraram o corpo.

No dia seguinte, os frades, indignados pelo arrombamento, foram protestar junto ao Papa. O Pontífice, surpreso pelo ocorrido, perguntou: “E quem cometeu este ultraje?”. Os homens responderam: “Foi a morte”.O Papa, então, determinou: “Se foi a morte, prendam-na”.

Foi assim que surgiu o baixo-relevo que mostra a morte atrás das grades.

Da imaginação popular, nasceu “A morte na prisão”, que, na realidade, é o monumento funerário construído pelo arquiteto romano Giambattista Ghisleni. O monumento macabro de um esqueleto sorridente atrás das grades fica ao lado esquerdo da porta principal da igreja.

Embora a história sobre essa tumba tenha nascido da imaginação do povo romano, é sempre muito interessante relembrá-la para conhecermos um pouco da cultura e das tradições dos povos antigos.

Clique em “Abrir a galeria de fotos” abaixo  e confira mais imagens da “morte encarcerada” e também da Basílica de Santa Maria del Popolo.

Tags:
ArteDoutrinaMorteroma
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia