Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Como ser católica e fashion

WOMAN FASHION
SHUTTERSTOCK
Compartilhar

A fé influencia nossa aparência e nos deixa com o semblante alegre, tranquilo, amável... E isso se reflete no modo como nos vestimos

Uma mulher católica tem um estilo próprio para se vestir? Sim.E será que esse estilo se “encaixa” em outras mulheres? Claro que sim, ele pode ser seguido por qualquer pessoa que se identifique com ele!

A minha fé certamente afeta a minha maneira de se vestir. A fé é como perfume inebriante: tende a expandir-se e a ocupar – positivamente e com o nosso consentimento – cada canto da nossa alma e do nosso corpo. Poderíamos até afirmar que existe uma conjunção entre a fé e o corpo.

Coerência no modo de vida

Não é verdade que é possível notar que uma pessoa está preocupada ou aborrecida pela sua expressão ou estado de tensão física? Pois bem, a fé também  influencia nossa aparência de forma única: nos deixa com o semblante alegre, tranquilo, amável… E isso se reflete no modo como nos vestimos, nos acessórios… Há harmonia e coerência em relação ao modo de pensar e a maneira de viver.

Não é obrigatório que, ao se vestir ou usar um acessório, um católico necessariamente necessite mostrar elementos de sua religião, como um crucifixo ou medalha. Mas por que não fazer isso? Por que não misturar meu escapulário às medalhas que eu uso, ou um crucifixo ou qualquer detalhe que me faça exibir minha fé com alegria e beleza? Eles não são amuletos, nem são simplesmente objetos: eles têm um valor e são como um “link” com a minha alma.

TU CIELITO LINDO
Tu cielito lindo

Um toque “cool”

Há alguns dias fiquei maravilhada ao ver na rua uma jovem com brincos de prata em cujo centro havia uma pequena medalha da Virgem de Fátima. “Você mesma os fez?” perguntei a ela. “Não, os encontrei numa loja”, respondeu.

E não me surpreendeu, porque há uns meses já tinha visto uma medalha da Virgem numa coleção de inverno de uma badalada loja de acessórios. Sem mencionar os famosos designers que fazem todos os tipos de joias com imagens de santos, adicionando um toque fashionista.

Uma católica tem sim uma responsabilidade: a de mostrar sua fé, e a fé nos deixa felizes pela condição de sermos apóstolos e poder transmitir nossa crença a outras pessoas. E é essa mesma intenção faz parte de um jeito de vestir que mostra a beleza e a bondade de Deus. Isso sim cativa, é elegante e consegue reunir o que a moda tem de melhor.

A vantagem de acreditar na beleza 

Se você não confia no seu bom gosto, procure alguém para lhe aconselhar sobre o que usar e quando. Pode ser uma amiga, sua irmã ou uma colega de trabalho, cujo estilo você admira.

E lembre-se que não existe uma segunda chance para reparar uma primeira impressão ruim: a partir da imagem que você transmite, as pessoas já terão uma ideia a seu respeito. Basta sua imagem refletir quem você é. E você tem uma grande vantagem: todos nós acreditamos que Deus é a mais Pura Beleza.

YOUNG SMILING WOMAN
Pexels
Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.