Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Cardeal Sarah: “Querem reerguer a catedral? Então fiquem de joelhos!”

Arquidiocese de Paris / Reprodução
Compartilhar

Um dos mais respeitados homens da Igreja em nossa época, ele visitou Nôtre-Dame e estendeu o convite a quem quer ajudar a reerguer a Igreja inteira

Em visita no final de maio à Catedral de Nôtre-Dame, seriamente atingida por um incêndio em 15 de abril deste ano, o cardeal Robert Sarah fez um breve e poderoso discurso em que destacou o “segredo cristão” para reerguer material e espiritualmente a catedral e toda a Igreja.

Eis as palavras do prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, que, de modo especial, quis acrescentar às suas palavras um encorajamento a todos os sacerdotes do mundo:

“Queridos amigos, a Catedral de Nôtre-Dame tinha uma flecha que parecia um dedo apontado para os céus. Essa flecha parecia orientar-nos a Deus. No coração de Paris, ela parecia dizer a cada um qual é o sentido último da sua vida. Aquela seta simbolizava a única razão de ser da Igreja: levar-nos a Deus, guiar-nos rumo a Ele. Uma Igreja que não é orientada para Deus é uma Igreja que entra em colapso e morre.

Vocês querem levantar a Igreja? Então fiquem de joelhos! Vocês querem levantar esta bela catedral que é a Igreja Católica? Fiquem de joelhos! Uma catedral é, em primeiro lugar, um espaço onde os homens podem ajoelhar-se. Uma catedral é um lugar para a presença de Deus no Santíssimo Sacramento.

Eu quero encorajar os padres. Eu quero lhes dizer: amem o sacerdócio! Tenham orgulho de ser crucificados com Cristo! Não tenham medo do ódio do mundo! Eu quero mostrar o meu carinho de pai e de irmão aos padres de todo o mundo! Desejo, diante de vocês e com vocês, expressar o meu profundo afeto aos sacerdotes fiéis de todo o mundo! Desejo, diante de vocês e com vocês, prestar homenagem a todos eles!

Queridos amigos, amem os seus sacerdotes! Não agradeçam a eles pelo que fazem, mas sim pelo que são!”

Boletim
Receba Aleteia todo dia