Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Barco Hospital Papa Francisco parte para ajudar 700.000 ribeirinhos na Amazônia

Barco hospital Papa Francisco
Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus
Compartilhar

Mil comunidades deverão ser atendidas por médicos a bordo. “O povo da Amazônia tem dificuldades em ver médicos e sacerdotes; neste barco-hospital, eles verão os dois”.

Construído pela Indústria Naval do Ceará, zarpou nesta sexta-feira, dia 7 de junho, o Barco Hospital Papa Francisco. Seu destino são as povoações da Amazônia, para onde leva o propósito de atender uma estimativa de 700 mil ribeirinhos.

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, presidiu a celebração de bênção e envio da embarcação. Participaram desta cerimônia também os frades franciscanos, diretamente envolvidos na concepção e implementação da iniciativa, além de outros religiosos e profissionais de diversas áreas que trabalharam na construção do navio.

Iniciativa da Igreja no Brasil

A maquete do barco-hospital, que é uma proposta da Igreja no Brasil, foi apresentada ao Papa Francisco em 5 de novembro de 2018, no Vaticano. O barco deverá cobrir um percurso de mil quilômetros ao longo do Rio Amazonas, em território paraense, a fim de levar atendimento médico a mil comunidades ribeirinhas de 12 municípios, beneficiando cerca de 700 mil pessoas.

O projeto, que emocionou o Papa, foi apresentado a ele por dom Bernardo Bahlmann, bispo do Óbidos, e pelo frei Francisco Belotti, da Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus. Eles foram “provocados” pelo próprio Papa, que, durante a Jornada Mundial da Juventude de 2013, tinha visitado um hospital administrado pela Fraternidade no Rio de Janeiro e perguntado ao frade se eles já estavam presentes também na Amazônia.

O propósito do projeto que leva o nome do pontífice é levar mais saúde às comunidades ribeirinhas, com especial enfoque na prevenção contra o câncer mediante exames e triagens para pesquisas, a ser feitas em parceria com universidades sobre as patologias de maior incidência na região.

O barco-hospital tem estrutura com ambulatórios, laboratórios, bloco cirúrgico e alojamento para profissionais da saúde, na maioria voluntários de hospitais-escola administrados pela Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus. O navio contará ainda com assistência de congregações franciscanas femininas, incluindo a presença constante de uma freira médica.

Em Belém, a embarcação receberá uma imagem da Virgem de Nazaré e seguirá para Óbidos, ainda no Pará. Naquela cidade, com celebração eucarística, terá início a primeira missão do barco-hospital.

Como bem observou o frei Francisco Belotti, “o povo da Amazônia tem dificuldades em ver médicos e sacerdotes; neste barco-hospital, eles verão os dois”.

___________

Com informações de Ancoradouro

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.