Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Novena do Perpétuo Socorro

Compartilhar

Para ser rezada num dia da semana e em todas as semanas do ano, ininterruptamente

O ano era 1870. Foi quando a devoção à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro começou a ser difundida em todo o mundo através do ícone abaixo.

OUR LADY

Na imagem, Nossa Senhora traz no braço esquerdo o Menino Jesus, ao qual o Arcanjo Gabriel apresenta quatro cravos e uma cruz. Ela é a senhora da morte e a rainha da vida, o socorro seguro e certo dos que a invocam com amor filial.

A tradição da novena

De acordo com o site A12.com, a tradição de celebrar a novena tem mais de oitenta anos. Começou em 1922, na Província Redentorista de São Luis, nos Estados Unidos. Com o passar do tempo, essa devoção propagou-se pelo mundo todo. Vale lembrar que o Papa Pio IX entregou o ícone aos cuidados dos Missionários Redentoristas em 1866.

Os missionários, por sua vez, começaram a divulgar a devoção em suas paróquias. Depois de 61 anos, receberem a missão especial dada pelo Papa: iniciar as novenas perpétuas nos Estados Unidos. Assim, a celebração se espalhou pelo mundo inteiro. Hoje, não apenas nos santuários, mas em milhares de capelas e outras localidades, a novena é celebrada num determinado dia da semana e em todas as semanas do ano, ininterruptamente.

Como fazer a Novena

1) Recolher-se em oração, em casa ou na Igreja;

2) Fazer o Pedido da graça que deseja alcançar;

Iniciar a Novena:

1) rezar a oração de cada dia;

2) praticar a boa obra de cada dia, podendo-se trocá-la por outra mais conveniente.

Primeiro dia:

“Eis aí a sua mãe”. (Jo 19,27) – Bondosa mãe do Perpétuo Socorro, que experimentastes as angústias da vida, acolhei o meu pedido. Sois a mãe e tendes o desejo de socorrer a todos, aqui está alguém que é pecador, mas que recorre a vós. Bondosa mãe, socorrei-me sem demora. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: esmola a um pobre.

Segundo dia:

“Meu espírito se alegra em Deus”. (Lc 1,47) – Mãe do Perpétuo Socorro, ajudai-me a ser sempre de Deus. Tudo passa como vento, Deus permanece. Eu quero ser de Deus e por isso vos suplico: socorrei-me nesta vida, ajudai-me a não perder Deus nos sofrimentos e necessidades. Bondosa mãe, aumentai minha fé, confiança, e socorrei-me com vosso amor. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: em casa, um trabalho com amor.

Terceiro dia:

“Seja feita a vossa vontade”. (Mt 6,10) – Bondosa Mãe, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, compreendestes e sempre fizestes o que Deus queria, afastai de mim a dureza de coração, o orgulho, o egoísmo de só pensar em mim. Ajudai-me, bondosa mãe, a seguir a vontade de Deus e concedei-me a graça que vos peço. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: antes de dormir, agradecer a Deus por tudo que aconteceu no dia.

Quarto dia:

“… a mim o fizestes”. (Mt 25,40) – Mãe de Jesus e minha mãe, dai-me um coração para ajudar o próximo, misericordioso para perdoar sempre, humilde e manso para carregar e suportar suas fraquezas. Jesus disse que sempre faço a ele, aquilo a que faço aos outros, por isso, ajudai-me a melhor amar Deus e a meus irmãos. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, socorrei-me na graça que vos peço. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: arrumar alguma coisa para um pobre.

Quinto dia:

“Estarei no meio de vós”. (Mt 18,20) – Bondosa Mãe, como vós vivestes com Jesus e José, em casa? Concedei-me amar meus irmãos e aceitar acada um no seu jeito de ser. Dai-nos a paz, compreensão, bondade, alegria para que o espírito de jesus permaneça conosco. Bondosa Mãe, pedi a ele por todos nós. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: visitar alguém, se possível, um doente.

Sexto dia:

“Vinde a mim, eu vos aliviarei”. (Mt 11,28) – Pode a Mãe de Jesus esquecer o filho? Eu sei, ó Maria, que não nos esqueceis, mas tenho medo de eu me esquecer de vós. Peço-vos nunca perder Deus, nem a Fé, e sempre em vós. Ó Maria, feliz de quem vos conhece e a vós recorre, como o filho à sua mãe. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: entrar na Igreja e rezar por alguém.

Sétimo dia:

“Faça-se segundo tua Palavra”. (Lc 1,38) – Maria, sempre fizestes tudo o que Deus vos pediu. Para que eu também seja assim, ajudai-me a ouvir a Palavra de Deus, meditar, viver o que Jesus ensinou. Atendei meu pedido nesta novena, e não deixeis que eu fique acomodado à vida. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: ler a Bíblia em Lc 1,39-56.

Oitavo dia:

“Olhou para a humildade de sua serva”. (Lc 1,48) – Minha Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, quantas vezes me torno orgulhoso, vaidoso, confiante nas coisas que passam. Tudo isso pode ocupar o lugar de Deus em meu coração. Maria, livrai-me desta tentação de trocar Deus pelas coisas da terra e descuidar da casa de Deus em mim. Bondosa Mãe, socorrei-me com a graça de Jesus. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: ouvir, conversar com bondade, por exemplo, com um idoso.

Nono dia:

“Maria meditava em seu coração”. (Lc 1,48) – Quantas vezes, ó Maria, meu coração fica triste, atribulado, cheio de dúvidas, e angustiado. Isso acontece porque não me recolho no silêncio da oração, e nem procuro ver o que Deus quer de mim. Não sei escutar Deus. Maria, peço-vos a graça de acreditar que Deus me ama sempre, mesmo na dor. Rezar: Pai-nosso e 3 Ave-marias. Praticar: passar o dia alegre, não se deixar aborrecer.

Fonte: A12.com

 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.