Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconEstilo de vida
line break icon

Arte de ouvir: você sabe ouvir seu filho?

EDUCATION

Shutterstock

Agências de Notícias - publicado em 13/06/19

Estimular nas crianças a arte de ouvir favorece o desenvolvimento de habilidades socioemocionais

Ouvir uma música, o canto dos pássaros, o despertador do relógio, a risada boa de uma criança.

Em todas essas ações precisamos utilizar a audição, mas não necessariamente prestamos atenção e ouvimos de verdade.

Olhando para o seu interior, você sabe o que é, de fato, ouvir?

No livro “Um Jeito de Ser” (1983), o psicólogo norte-americano Carl Roger fala sobre a questão:

O primeiro sentimento básico que gostaria de partilhar com vocês é a minha alegria quando consigo realmente ouvir alguém. Acho que esta característica talvez seja algo que me é inerente e já existia desde os tempos da escola primária. Por exemplo, lembro-me quando uma criança fazia uma pergunta e a professora dava uma ótima resposta, porém a uma pergunta inteiramente diferente. Nessas circunstâncias, eu era dominado por um sentimento intenso de dor e angústia. Como reação, eu tinha vontade de dizer: “Mas você não a ouviu!”. Sentia uma espécie de desespero infantil diante da falta de comunicação que era (e é) tão comum.

Se Rogers fala em “ouvir realmente” é porque ele quer separar esta atitude de outra que não é “realmente” um ouvir.

A professora ouviu o aluno e respondeu, mas não o ouviu de verdade, não houve comunicação. Por isso o garoto Carl pensava: “Mas você não a ouviu!”.

A arte de ouvir vem antes do falar e para ouvir é preciso calar. É o ouvir que nos abre para o mundo e para os outros, como Rogers aponta: “Quando realmente ouço, ouço o que alguém me diz (e não apenas o que fala), e isso me coloca em contato com ele, enriquece a relação e seus frutos”.

Ouvir alguém refere-se a uma escuta profunda, significa ouvir além das palavras, tentar ler os pensamentos, a tonalidade dos sentimentos, o significado pessoal.

Em algumas ocasiões, é preciso ouvir por trás de uma mensagem que, superficialmente, parece pouco importante.

E, quando se trata de crianças, as palavras cedem lugar a uma série de intenções e necessidades que, muitas vezes, não são pronunciadas.

Ouvir é fundamental para todas as outras formas de comunicação. Deve-se ouvir para aprender a falar, ler e escrever.

Ouvir não é um ato passivo. A capacidade de ouvir é essencial para uma comunicação eficiente e significante.

A capacidade de ouvir permite colocar-se na situação da outra pessoa e responder adequadamente. Uma resposta apropriada reafirma os sentimentos do falante e segue o caminho que demonstra a aceitação e compreensão – que reflete o que o locutor disse.

Será isso que queremos ensinar aos nossos filhos quando os ensinamos a arte de ouvir?

Estimular nas crianças a arte de ouvir significa favorecer o desenvolvimento de habilidades socioemocionais muito importantes em suas vidas, tais como autocontrole, empatia e socialização.

Uma criança que sabe ouvir está mais preparada para aprender, prestar atenção e participar das atividades em sala, a se relacionar com outras pessoas e tende a ser uma criança mais calma, colaborativa e focada.

Pois bem, sabemos que as crianças aprendem pelos exemplos que têm e pela repetição, assim, olhando para elas, precisamos nos perguntar: somos capazes de ouvi-las e de captar seu mundo interno, aquilo que elas querem nos comunicar e que ainda não o fazem por meio de palavras?

O simples ouvir tem efeitos transformadores e surpreendentes.

Se ouvirmos as crianças com a devida atenção, certamente estamos tornando-as aptas a desenvolver também esse comportamento.

(Ludie)

Tags:
Educação dos Filhos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia