Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Vida após abuso na infância: “Deus me curou”

Compartilhar

“Look Up – Histórias de Esperança”, Episódio 10

 

Jen tinha apenas oito anos quando o pesadelo começou. Por dois anos e meio, ela foi “comercializada” sexualmente por seu vizinho para outros adultos, na casa ao lado. Ela tentou o suicídio três vezes. Tudo terminou de repente, mas ela tinha feridas físicas e espirituais que precisavam de cura. Ela passou por inúmeras cirurgias e também enfrentou um longo caminho de tratamento psicológico. Mas foi Deus quem a curou profundamente, renovou sua fé nas pessoas e lhe deu forças para lutar pelos outros. Como enfermeira especializada em medicina legal, hoje ela ajuda outras crianças vítimas e também ajuda médicos e policiais a reconhecer e prevenir o tráfico sexual. “Aquela pequena semente de esperança que me manteve viva todos esses anos era que Deus tinha um plano e um propósito”, disse ela, “e hoje eu vivo esse destino”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.