Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O coração de Santa Teresa de Ávila foi fisicamente perfurado por uma flecha do amor de Deus

TRANSVERBERATION
Compartilhar

A própria santa conta, em sua autobiografia, detalhes da transverberação que ela experimentou

Santa Teresa de Ávila é conhecida por suas muitas experiências místicas. Ela alcançou uma rara união com Deus nesta terra e descreveu a maioria dessas experiências.

Uma delas é a chamada  “transverberação” de seu coração. Ela estava tão perto de Deus que seu coração foi literalmente perfurado com seu amor. Santa Teresa diz em sua autobiografia:

Nosso Senhor ficou satisfeito por eu ter, por vezes, uma visão desse tipo: vi um anjo perto de mim, do meu lado esquerdo, em forma corpórea. Isso eu não estou acostumada a ver, a menos que muito raramente. Embora eu tenha visões de anjos com frequência, ainda os vejo apenas por uma visão intelectual, como eu já falei antes. Foi vontade de nosso Senhor que nessa visão eu visse o anjo desta maneira. Ele não era grande, mas de pequena estatura e muito bonito – seu rosto queimava, como se ele fosse um dos anjos mais elevados, que parecem ser todos de fogo: devem ser aqueles a quem chamamos de querubins. Seus nomes eles nunca me dizem, mas vejo muito bem que existe no céu uma diferença tão grande entre um anjo e outro, e entre estes e os outros, que não consigo explicar.

Vi em sua mão uma longa lança de ouro e, na ponta do ferro, parecia haver um pequeno fogo. Ele me pareceu estar empurrando-o às vezes em meu coração e perfurando minhas próprias entranhas; quando ele puxou para fora, ele parecia atraí-los também, e me deixar toda em chamas com um grande amor de Deus. A dor era tão grande que me fez gemer; e, no entanto, tão extraordinária era a doçura dessa dor excessiva, que eu não podia querer me livrar dela. A alma está satisfeita agora com nada menos que Deus. A dor não é corporal, mas espiritual; embora o corpo tenha sua parte nele. É uma carícia de amor tão doce que agora acontece entre a alma e Deus, que eu oro a Deus por Sua bondade para fazê-lo experimentar aquilo que pode pensar que estou mentindo.

Durante os dias em que isso durou, era como se Ele estivesse ao meu lado. Eu não queria ver ou falar com ninguém,  apenas acalentar minha dor, que era para mim uma felicidade maior do que todas as coisas criadas.

Embora esta tenha sido uma  experiência espiritual de êxtase, mais tarde descobriu-se que o coração de Santa Teresa de Ávila estava fisicamente perfurado. Quando o corpo dela foi exumado, em 1582, estava incorrupto, sem evidência de putrefação. A certa altura, seu coração foi removido de seu corpo e as pessoas ficaram surpresas ao ver uma ferida real da lança do anjo.

Seu coração incorrupto está agora em exibição na cidade de Alba de Tormes, na Espanha, e alguns dizem que ainda podem ver a perfuração da lança.

Santa Teresa atingiu as alturas da santidade em sua vida e foi capaz de receber o amor de Deus de uma maneira extraordinária. Deus queria que ela entendesse as profundezas de seu amor e deu a ela um pequeno vislumbre disso na transverberação. É uma história milagrosa, que deve nos dar esperança um dia para experimentar a felicidade que ela recebeu quando estamos unidos a Deus por toda a eternidade.

Leia também: O dia em que Santa Teresa D’Ávila venceu o demônio com o poder da água benta

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.