Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Quebec proíbe funcionários públicos de usarem cruzes no trabalho

KRZYŻ

IV Horton/Unsplash | CC0

Fundação AIS - publicado em 30/06/19

Esta medida engloba professores, médicos e enfermeiros, mas também, por exemplo, juízes e agentes da polícia

As autoridades da província do Quebec, no Canadá, aprovaram uma lei que proíbe os funcionários públicos de exibirem símbolos religiosos durante o horário de trabalho.

Este projecto, que se insere numa política de separação entre religião e o Estado, destina-se apenas aos funcionários públicos e foi promovido pelo ministro de Imigração, Diversidade e Inclusão de Quebec, Simon Jolin-Barrette.

A partir de agora, os funcionários públicos do Quebec ficam inibidos de usar quaisquer símbolos religiosos, nomeadamente os crucifixos, durante o período de trabalho. Esta medida engloba professores, médicos e enfermeiros, mas também, por exemplo, juízes e agentes da polícia.

A questão dos símbolos religiosos no espaço público tem sido tema de debate também no Velho Continente com alguns países como a Alemanha, Áustria ou França a legislarem de forma a restringirem igualmente o seu uso.

(Departamento de Informação da Fundação AIS)

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia