Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

4 regras para fazer uma crítica inteligente

CZYTANIE KSIĄŻKI
Unsplash | CC0
Compartilhar

Como fazer um comentário crítico respeitável

Em seu livro Intuition Pumps and Other Tools for Thinking (cuja tradução aproximada poderia ser “Fontes de intuição e outras ferramentas para pensar”), o filósofo norte-americano Daniel Dennett, apontado por alguns como “o Bertrand Russell do nosso tempo”, oferece o que chama de “melhor antídoto contra a tendência a caricaturar o nosso adversário”.

Trata-se de uma breve lista de quatro regras, escritas originalmente pelo russo-americano Anatol Rapoport, psicólogo social e pesquisador da teoria dos jogos. Dennett as resume de maneira magistral:

Como fazer um comentário crítico respeitável:

  • Tente explicar primeiramente a posição que você contesta, apresentando-a de um modo tão claro, nítido e realista que até a parte contrária possa dizer: “Obrigado! Quisera eu formular as minhas ideias com tanta clareza”.
  • Liste os pontos com os quais você concorda, especialmente se não existem acordos tácitos ou gerais quanto ao assunto em discussão.
  • Mencione o que tiver aprendido com a parte contrária.
  • Só então apresente alguma crítica ou refutação.

Estas quatro regras são muito simples, mas, ao mesmo tempo, exigem grande honestidade intelectual, capacidade crítica e autocrítica, objetividade e abertura para discutir o assunto em vez de brigar com os oponentes. O foco, afinal, deve estar no tema, não nas pessoas que o discutem.

Por isso mesmo, são regras capazes de evitar as discussões estéreis que hoje minam a maior parte dos debates, tanto online quanto presencialmente.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.