Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 24 Novembro |
Santas Flora e Maria
home iconAtualidade
line break icon

Colômbia pede à ONU para seguir por mais um ano acordo de paz com as Farc

Agências de Notícias - publicado em 14/07/19

De seu lado, o agora partido Farc denuncia atrasos, violações e falta de garantias legais e de segurança

O presidente da Colômbia, Iván Duque, pediu nesta sexta-feira (12) ao Conselho de Segurança da ONU que supervisione por mais um ano o andamento do pacto de paz com o antigo grupo guerrilheiro Farc, manchado pelo não cumprimento de obrigações e assassinato de dezenas de ex-membros da guerrilha.

Duque encaminhou o pedido aos embaixadores do Conselho de Segurança que visitam a Colômbia, após sua tentativa fracassada de modificar neste ano, por via legislativa, alguns pontos do pacto firmado em 2016 que terminou com um combate armado de meio século, que gerou milhares de mortos e desaparecidos, além de milhões de habitantes deslocados.

Com o respaldo das Nações Unidas, o acordo com o ex-grupo guerrilheiro reduziu sensivelmente a violência em várias regiões do país, embora persistam a polarização política e outras ameaças à segurança motivadas principalmente pelo narcotráfico.

Eleito com o apoio dos mais severos críticos das negociações de paz, Duque tentou revisar os compromissos assumidos por seu antecessor, Juan Manuel Santos (2010-2018), com o argumento de evitar a impunidade para os responsáveis de delitos atrozes.

De seu lado, o agora partido Farc denuncia atrasos, violações e falta de garantias legais e de segurança. Desde novembro de 2016, foram assassinados 140 ex-guerrilheiros e 31 familiares, de acordo com a organização.

A acordo histórico, que levou ao desarmamento de cerca de sete mil rebeldes, também foi manchado pela decisão de ex-comandantes guerrilheiros de se manterem à margem do processo de paz, entre eles os ex-negociadores Iván Márquez e Jesús Santrich, este último procurado pela justiça por narcotráfico.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
AGNUS DEI,LAMB
Jesús Colina
Ninguém consegue ouvir este “Agnus Dei” sem s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia