Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconReligião
line break icon

Síria: freira descreve reação da comunidade cristã a atentado em Qamishli

ILDIB SYRIA

Quetions123 I Shutterstock

Fundação AIS - publicado em 15/07/19

O atentado causou cerca de uma dezena de feridos – três dos quais em estado grave

A notícia da explosão de um carro armadilhado na passada quinta-feira, dia 11 de Julho, nas imediações da Igreja Ortodoxa da Virgem Maria na cidade de Qamishli, na Síria, foi seguida com apreensão em todo o país por ter ocorrido numa cidade com uma forte presença desta comunidade religiosa.

O atentado, que causou cerca de uma dezena de feridos – três dos quais em estado grave – e seria reivindicado horas mais tarde pelo Daesh, os jihadistras do auto-proclamado Estado Islâmico, causou ainda avultados danos materiais nos edifícios contíguos à Igreja, tendo provocado ainda um incêndio de grandes proporções.

As notícias do atentado espalharam-se por todo o país com alguma rapidez e chegaram também a Qara, onde vive no Mosteiro de São Tiago Mutilado uma jovem religiosa portuguesa, a irmã Myri.

Segundo relato enviado para a Fundação AIS por Mária Lúcia Ferreira (conhecida como Irmã Myri), mal houve a notícia do atentado, uma pessoa que se encontrava a trabalhar no Mosteiro e que é originária de Qamishli procurou saber o que se tinha passado até por ter familiares a residir precisamente na rua onde se deu a explosão do carro armadilhado.

De Qamishli, diz a irmã Myri, explicaram que “tinha sido um carro armadilhado e que os feridos pediram para serem levadas à igreja antes de serem transportados para o hospital”.

Segundo explicou ainda a religiosa portuguesa – que pertence à Congregação das Monjas da Unidade de Antioquia e vive na Síria desde 2008, após ter passado pela França e pela Terra Santa –, “imediatamente depois do atentado celebrou-se missa na igreja e isto diz bem da fé dos siríaco-ortodoxos”.

No entanto, apesar desta manifestação de fé das pessoas de Qamishli, o violento atentado que só por razões fortuitas não teve consequências mais graves, deixou a comunidade cristã apreensiva em todo o país.

O facto de o atentado bombista ter ocorrido num bairro predominantemente cristão em Qamishli, a cidade capital de uma região autónoma curda no nordeste da Síria, parece indiciar que havia o propósito claro de atingir esta comunidade religiosa numa altura em que a violência está aparentemente a regressar ao país.

No próprio dia 11, recorde-se, um outro violento atentado causou pelo menos 13 mortos em Afrin, uma cidade situada no norte da Síria e que está sob o controle de grupos rebeldes apoiados pela Turquia.

(Departamento de Informação da Fundação AIS)

Tags:
Perseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia