Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 08 Março |
home iconCuriosidades
line break icon

A história do peixe que se chama “São Pedro”

FISH

Shutterstock | iliuta goean

Dolors Massot - publicado em 16/07/19

O nome faz referência a uma cena do Evangelho

É um peixe de água salgada, amarelo-oliva, medindo pouco mais de meio metro, cerca de 70 cm. Ela habita especialmente fundos rochosos. Mas onde quer que seja, o peixe de São Pedro tem uma característica que o torna perfeitamente reconhecível: é aquele ponto escuro e redondo de cada lado. Uma mancha que lembra uma moeda.

De onde vem o nome “peixe de São Pedro”? É que essa mancha preta redonda lembra a moeda que São Pedro tirou de um peixe depois que Jesus ordenou-lhe pagar um imposto exigido pelas autoridades que o colocaram à prova.

A cena do Evangelho é narrada em Mateus 17, 23-26.

Logo que chegaram a Cafarnaum, aqueles que cobravam o imposto da didracma aproximaram-se de Pedro e lhe perguntaram: Teu mestre não paga a didracma? Paga sim, respondeu Pedro. Mas quando chegaram à casa, Jesus preveniu-o, dizendo: Que te parece, Simão? Os reis da terra, de quem recebem os tributos ou os impostos? De seus filhos ou dos estrangeiros? Pedro respondeu: Dos estrangeiros. Jesus replicou: Os filhos, então, estão isentos. Mas não convém escandalizá-los. Vai ao mar, lança o anzol, e ao primeiro peixe que pegares abrirás a boca e encontrarás um estatere. Toma-o e dá-o por mim e por ti.

De fato, esta espécie é encontrada no Mar da Galileia. Em francês, o peixe é chamado “Saint Pierre”. Em inglês, “John Dory”.

Na culinária, o peixe de São Pedro não começou a ser valorizado até poucos anos atrás, talvez por sua aparência feia e por possuir muitos espinhos. No entanto, sua carne é ideal para qualquer dieta: fornece 91 calorias por 100 gramas e contém cálcio, potássio e sódio, vitamina A, B3 e B12.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
2
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
3
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
4
SAINT ROSE OF VITERBO
Meg Hunter-Kilmer
Santa Rosa de Viterbo: uma adolescente destemida que proclamou a ...
5
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
6
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
7
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia