Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 23 Novembro |
Santo Anfilóquio
home iconCultura e Viagem
line break icon

O contínuo mistério em torno do Salvator Mundi de Da Vinci

SALVATOR MUNDI

School of Leonardo da Vinci | Public Domain

John Burger - publicado em 18/07/19

Vendida há dois anos por 450 milhões de dólares, a pintura não foi vista desde então

A última vez que a pintura de Leonardo da Vinci conhecida como “Salvator Mundi” foi vista em público, era novembro de 2017, ocasião em que foi vendida em um leilão pelo valor recorde de 450 milhões de dólares.

O comprador foi identificado como Príncipe Bader bin Abdullah bin Farhan Al Saud, da Arábia Saudita, e mais tarde foi revelado que ele estava operando do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman. A pintura aparentemente foi comprada em nome do Museu do Louvre Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

O Louvre Abu Dhabi disse que planejava colocar a pintura em exibição em setembro de 2018. Mas o museu adiou a exibição, sem explicação. E não falou mais sobre os planos relacionados à obra. Especialistas chegaram a especular que a pintura estaria a bordo do iate privado de Muhammad bin Salman. Ou que estaria em restauração.

Mas ninguém parece saber por que o novo proprietário (ou proprietários) da pintura não está apresentando uma explicação. Há tanto enigma em torno do Salvator Mundi quanto da Mona Lisa.

Também continua havendo debate sobre se a pintura é de fato um Da Vinci genuíno, e se é, por que estaria sendo restaurada.

Salvator Mundi, que se acredita ter sido pintado para o rei Luís XII da França e esteve na posse dos reis Charles I e Charles II, ficou desaparecido por vários anos. Quando apareceu, estava muito danificado. O jornal The Guardian publicou uma imagem em alta definição de quando a pintura foi restaurada pela artista Dianne Dwyer Modestini.

A CNN ressalta que grande parte da especulação sobre por que a pintura permanece oculta está centrada em sua atribuição. A rede disse que se acreditava que Salvator Mundi era ou o trabalho de um dos assistentes de Leonardo ou uma cópia.

Os negociantes de arte Robert Simon e Alexander Parrish o compraram em 2005 por menos de 10 mil dólares. Em 2011, a National Gallery incluiu-a em uma exibição abrangente das pinturas de Leonardo, mas somente depois que um painel de especialistas disse que se tratava de um Da Vinci. Houve bons argumentos para isso, a CNN apontou, como o estilo da mão, a técnica, o tipo de pigmento.

E depois surgiu uma nova questão. Neste caso, era o polegar na mão direita de Cristo. Descobriram dois polegares. Aparentemente, o artista voltou a pintá-lo de uma maneira diferente. Para alguns especialistas, seria a confirmação de que o trabalho é original Da Vinci, pois um copista não teria feito isso.

A pintura foi revendida em 2013 por 80 milhões de dólares e, depois de três anos, por 400 milhões de dólares – 50 milhões em – a maior soma que alguém já pagou por uma obra de arte.

Mas vários especialistas teorizam que a pintura teria sido executada por assistentes de Da Vinci. Se for esse o caso, seu valor real pode ser de 1,5 milhão, de acordo com o crítico de arte Ben Lewis, autor do livro “O Último Leonardo”. Lewis especula que seus atuais proprietários, que pagaram muitas vezes essa quantia, podem mantê-la fora da vista do público para evitar qualquer análise adicional.

Para Lewis, Salvator Mundi é, neste momento, “o mais belo ponto de interrogação já pintado”.

Tags:
ArteHistória da Igreja
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
ŚWIĘTA TERESA WIELKA
Philip Kosloski
Oração de Santa Teresa de Ávila para acalmar ...
IOTA
Lucía Chamat
Imagem da Virgem resiste a furacão que devast...
EL TOCUY
Aleteia Brasil
Pe. Gabriel Vila Verde: há muita diferença en...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Atenção: versão falsa e satânica da Medalha M...
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vez...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia