Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Sacrilégio: capela invadida no Rio de Janeiro, sacrário violado e hóstias profanadas

Diocese de Petrópolis
Compartilhar

Profanações de capelas e igrejas têm ocorrido com frequência crescente na América Latina e em países europeus

A capela de Nossa Senhora do Rosário e de Santo Antônio Galvão, em Guapimirim, no Rio de Janeiro, foi invadida na manhã da última segunda-feira, 15 de julho. Os vândalos danificaram diversos objetos e, o mais grave de tudo, violaram o sacrário e espalharam as hóstias consagradas pelo chão, profanando assim o Corpo de Cristo.

Dom Gregório Paixão, OSB, bispo da diocese de Petrópolis, à qual pertence a capela, divulgou nota lamentando a profanação e pedindo orações em reparação:

“É um momento triste para toda a diocese, mas um momento para se colocar em oração e rezar por quem cometeu este ato com o Cristo vivo e presente na Eucaristia e com a Sua Igreja”.

Profanações de capelas e igrejas têm ocorrido com frequência crescente na América Latina e em países europeus. Confira alguns casos:

Leia também: Sacrário é profanado em capela de Mato Grosso do Sul

Leia também: Argentina: 3 templos católicos profanados com pichações abortistas

Leia também: 4 capelas católicas atacadas no Ceará: sacrário é profanado

Leia também: Alemanha: dezenas de incidentes em igrejas nos últimos dois meses

Leia também: Sacrário é roubado e devolvido em Brasília: mas onde está o Corpo de Cristo?

Leia também: Três igrejas atacadas na zona mapuche do sul do Chile

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.