Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Sala de Imprensa da Santa Sé tem novo diretor

PRESS CONFERENCE
Compartilhar

Matteo Bruni assume o cargo que estava ocupado de maneira interina por Alessandro Gisotti

O Papa Francisco nomeou o italiano Matteo Bruni como novo diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé. A partir do dia 22 de julho, ele assume o cargo que era ocupado interinamente por Alessandro Gisotti.

“Estou certo de que Matteo Bruni saberá guiar a Sala de Imprensa com competência, sabedoria, visão e espírito de equipe, contribuindo para sua configuração definitiva, com o objetivo de fornecer o melhor serviço possível a uma correta informação”, disse o prefeito do Dicastério para a Comunicação, Paolo Ruffini, observando que a nova direção da Sala de Imprensa ficará completa com a nomeação de um vice-diretor, ainda não definido.

Ruffini recorda que o novo diretor da Sala de Imprensa já fazia parte dos quadros do Dicastério, portanto, “conhece perfeitamente a máquina”, além de ter reconhecidas suas “capacidades humanas e profissionais.”

O Papa Francisco fez também nomeações para o Dicastério para a Comunicação, nomeando dois vice-diretores para a Direção Editorial: Sergio Centofanti e Alessandro Gisotti.

Em relação aos dois vice-diretores, o prefeito do dicastério destaca “o grande profissionalismo, sensibilidade e competência”, que sob a guia de Andrea Tornielli, contribuirão “para melhorar sempre mais a oferta integrada por nossas mídias, onde ambos cresceram.”

Alessandro Gisotti cobriu interinamente, por seis meses, o cargo de diretor da Sala de Imprensa. Ao ser nomeado, já havia oferecido a sua disponibilidade, mas apenas por um limitado período de tempo. Seu trabalho à frente da Sala de Imprensa foi reconhecido por colegas jornalistas de diversos países, que levam informações do Papa e do Vaticano a todo o mundo.

Em um comunicado, Alessandro Gisotti agradeceu aos colegas jornalistas e ao prefeito Ruffini pelo total apoio recebido.  Em especial ao Santo Padre, agradeceu “pelo privilégio que me deu de poder ser seu porta-voz em um período assim tão intenso do Pontificado e de oferecer-me agora a oportunidade de continuar a servi-lo como vice-diretor editorial das mídias vaticanas. Sou agradecido a ele por me ter apoiado como um pai.”

E ao novo diretor da Sala de Imprensa, fez os “melhores votos de sucesso”, oferecendo também sua disponibilidade em colaborar. “Estou certo de que Matteo Bruni saberá coordenar da melhor forma a extraordinária equipe da Sala de Imprensa

Matteo Bruni nasceu em 23 de novembro de 1976 em Winchester (Grã-Bretanha). É formado em Letras e Literatura estrangeira moderna e contemporânea na Universidade La Sapienza de Roma. Trabalha na Sala de Imprensa desde julho de 2009, na seção de credenciamento dos jornalistas.

Em dezembro de 2013 assumiu a responsabilidade da organização e do acompanhamento da imprensa no voo papal, por ocasião das viagens do Santo Padre fora da Itália. Há tempos, em âmbito eclesial, está engajado em projetos de cooperação humanitária e em programas de apoio a idosos. É casado e tem uma filha. Além do italiano, fala inglês, espanhol e francês.

(Vatican News)

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.