Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Cruz que resistiu a uma bomba atômica retorna a Nagasaki

IMMACULATE CONCEPTION CATHEDRAL
Compartilhar

Símbolo duradouro da fé está de volta ao histórico centro do catolicismo japonês

Uma grande cruz de madeira, que esteve presente e resistiu ao bombardeio de Nagasaki, está sendo devolvida ao Japão depois de três quartos de século no exterior.

Às 11:01 da manhã de 9 de agosto de 1945, ou seja, 75 anos atrás, as forças americanas lançaram uma bomba atômica na cidade japonesa de Nagasaki. A explosão causou a morte de cerca de 40 mil pessoas, e deixou dezenas de milhares de vítimas dos efeitos da precipitação nuclear.

Na época, Nagasaki era amplamente considerado o centro do catolicismo no Japão, em grande parte graças aos esforços de São Francisco Xavier, que dedicou sua vida à evangelização no mundo oriental. Naquela manhã fatídica, a Catedral da Imaculada Conceição de Nagasaki foi atingida pela explosão e toda a igreja foi derrubada. Milagrosamente, no entanto, a grande cruz de madeira do topo do prédio sobreviveu.

Sobre o assunto, Maryann Cusimano Love, professora de relações internacionais da Universidade Católica da América, observou à agência CNA:

“Na verdade, os católicos estavam adorando em Nagasaki, na catedral, no momento em que a arma atômica foi lançada. Todas as pessoas da catedral foram mortas”.

A CNA informa que a cruz foi descoberta por Walter Hooke, um católico e fuzileiro naval dos EUA baseado em Nagasaki, que foi levado pelo símbolo não danificado de sua fé em meio à destruição. Hooke levou a cruz para a casa da mãe dele, que a doou para o Peace Resource Center, uma organização que abriga materiais de referência relacionados aos bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki.

Agora, em um “gesto de paz e reconciliação”, a cruz deve ser devolvida a Nagasaki, e voltará para a Catedral da Imaculada Conceição, que foi reconstruída em 1959.

 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.