Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Fé explícita: Pan 2019 teve Ave-Maria e agradecimentos a Deus e Nossa Senhora

Jogos Pan-Americanos 2019
Compartilhar

Vitória da fé: karateca brasileira agradece a Deus e Maria pela medalha de ouro; nossa equipe de ginástica rítmica se apresenta ao som da Ave-Maria

Os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 foram encerrados na noite de ontem – e, ao longo da competição, não faltaram mostras de fé por parte de atletas brasileiros.

Destacamos dois episódios:

Ouro para Deus e Nossa Senhora

A karateca brasileira Valéria Kumizaki agradeceu explicitamente pela sua medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 a Deus e a Nossa Senhora Aparecida. Após superar a canadense Kathryn Campbell na final do karatê, categoria 55 quilos, a atleta de 34 anos, que também é sargento do exército brasileiro, publicou no Instagram:

“Obrigada meu Deus e minha Nossa Senhora Aparecida! Essa vitória dedico ao meu professor Renato Franco que cuida de mim lá de cima. Obrigada minha família por todo apoio, a todos da comissão técnica e aos meus patrocinadores que confiam em mim!”

A aberta demonstração de fé não ficou apenas nas redes sociais: já durante a premiação, Valéria segurava nas mãos, juntamente com a medalha, também um rosário prateado. E não é a primeira vez que a atleta brasileira manifesta as suas convicções de fé com firmeza em público: nos jogos de Toronto, em 2015, quando também tinha sido campeã, ela mais uma vez estava com o terço na mão.

Ao som da Ave-Maria

Outro testemunho brasileiro de fé durante estes jogos na capital peruana veio no domingo passado, 4 de agosto, quando a equipe de ginástica rítmica levou o bronze na prova de cinco bolas. A música escolhida pelas atletas para a sua apresentação foi nada menos que a Ave-Maria – e, intencionalmente ou não, os collants azuis das jovens de 16 a 19 anos também evocavam a cor do manto de Nossa Senhora.

A apresentação completa da equipe de ginástica rítmica ao som de Ave-Maria pode ser apreciada em vídeo na página da emissora oficial dos Jogos Pan-Americanos 2019:

ACESSAR

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.