Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 01 Março |
Beato Daniel Brottier
home iconCuriosidades
line break icon

O Papa que “batizou” o café

Daniel R. Esparza - publicado em 13/08/19

O café era considerado "a bebida do diabo" até que Clemente VIII experimentou

O café nem sempre foi tão popular quanto é hoje. De fato, sua fama no ocidente começou apenas no século XVI, em grande parte graças ao Papa Clemente VIII.

Claro que o café não apareceu de repente no final dos anos 1500. Nossa querida bebida já existia desde o século IX, quando, como explica Sam Guzman em The Catholic Gentleman, os pastores árabes “notaram pela primeira vez que os grãos de café tinham um efeito particularmente estimulante em suas ovelhas”.

Os clérigos islâmicos aprenderam a cultivar a planta e rapidamente o café se espalhou por todo o mundo muçulmano, que não incluía apenas a Península Arábica e a maior parte do norte da África e do Levante, mas também a Sicília, a maior parte da Espanha e Portugal, além de algumas outras regiões do sul do Mediterrâneo.

Certamente, o café não foi recebido de braços abertos na Europa, devido às suas origens “infiéis”. Depois de estar em guerra com os muçulmanos durante séculos, não é estranho que o café tenha sido apelidado de “bebida de Satanás”. Mas, como “todos os caminhos levam a Roma”, o café acabou chegando ao Vaticano. Mais especificamente, chegou à mesa do Papa Clemente VIII.

Muitos de seus conselheiros explicitamente pediram que ele o banisse, mas o Papa tinha uma ponto de vista pessoal.

Foi levada uma caneca fumegante de café ao Papa e ele tomou um gole. Diz a lenda que ele disse: “essa bebida do diabo é deliciosa. Deveríamos enganar o diabo e batizá-la. O resto, como dizem, é história.

Tags:
História da Igreja
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
6
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia