Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Por que a Virgem Maria aparece alimentando São Bernardo com leite materno?

LACTATION OF SAINT BENARD
Compartilhar

Há muita beleza e simbolismo por trás deste quadro medieval

Na arte medieval, era comum retratar a Virgem Maria com seios expostos, até mesmo tirando leite deles. Ocasionalmente, havia um santo para receber o leite materno. Foi o que aconteceu com São Bernardo de Claraval.

Esta imagem de São Bernardo sendo alimentado pela Virgem Maria deve-se a uma lenda popular ligada à vida do santo.

São Bernardo foi um monge cisterciense do século XII. Ele tinha um profundo amor pela Virgem Maria. Seu nome é, muitas vezes, ligado ao Memorare, uma das orações marianas mais populares de todos os tempos, embora ele não tenha composto essa oração.

De acordo com várias histórias medievais, São Bernardo teve uma visão da Virgem Maria. O autor Richard Storrs conta a história em seu livro sobre São Bernardo:

A Virgem lhe havia aparecido, assistida por santos, em sua enfermidade dolorida, e com um toque suave havia aliviado sua aflição, removido sua doença e verificado o feroz fluxo de saliva de seus lábios, era que aqueles lábios podiam falar livremente as palavras mais sábias e dominantes ouvidas na Europa.

Uma forma mais extrema que a lenda subsequentemente tomou foi imortalizada por Murillo em um célebre quadro na Real Galeria de Madri, onde a Virgem Mãe aparece a Bernardo sentada entre seus livros, e fazendo com que o leite de seu peito caísse sobre seus lábios, não apenas para curá-los, mas para dotá-los da eloquência celestial, enquanto os querubins a cercavam em uma refulgência de glória celestial.

Este episódio é chamado de “A lactação de São Bernardo”.

LACTATION OF SAINT BENARD
Bartolomé Esteban Murillo | Public Domain

A amamentação era um fato comum da vida dos cristãos medievais e tradicionalmente associada a uma pessoa sendo alimentada física e espiritualmente. Ter a Virgem Maria expondo seus seios para alimentar os fiéis cristãos não era nada escandaloso; significava uma realidade espiritual profunda.

No Antigo Testamento, a amamentação estava espiritualmente ligada à recepção da sabedoria ou bênçãos de Deus, como aparece em Isaías:

“Regozijai-vos com Jerusalém e encontrai aí a vossa alegria, vós todos que a amais; com ela ficai cheios de alegria, vós todos que estais de luto, a fim de vos amamentar à saciedade em seu seio que consola, a fim de que sugueis com delícias seus peitos generosos” (Isaías 66, 10-11).

São Paulo, no Novo Testamento, vincula a amamentação com a transmissão da fé cristã:

“A vós, irmãos, não vos pude falar como a homens espirituais, mas como a carnais, como as criancinhas em Cristo. Eu vos dei leite a beber, e não alimento sólido que ainda não podíeis suportar. Nem ainda agora o podeis, porque ainda sois carnais”(1 Coríntios 3:,1-3).

Nos últimos anos, o Papa Francisco também encorajou as mulheres a amamentar seus filhos:

“Os bebês têm seu próprio dialeto. Se alguém começar a chorar, os outros seguirão, como numa orquestra. Se eles começarem a fazer o “show”, é porque eles não estão confortáveis ​​ou estão com fome. Se eles estão com fome, amamentem-nos, sem medo, alimentem-nos, porque essa é a linguagem do amor.”

Enfim, a imagem de São Bernardo sendo alimentado pela Virgem Maria é uma obra de arte que tem muita história e beleza, com um simbolismo espiritual que nos lembra a dignidade do corpo humano.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.