Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Por que dizemos que Nossa Senhora é rainha? Bento XVI responde

POPE BENEDICT XVI
Compartilhar

“O título de Rainha é um grau de confiança, alegria e amor”, disse certa vez o Papa Emérito

Em sua catequese do dia 22 de agosto de 2012, festa litúrgica de Nossa Senhora Rainha, o então Papa Bento XVI explicou este título e esta devoção mariana.

Para Bento XVI, chamamos Maria de rainha por causa de seu filho, Jesus:

“Maria é rainha porque ela está associada, portanto, apenas ao seu Filho, tanto na viagem terrestre, quanto na glória do céu. O grande santo Efrém da Síria diz sobre a realeza derivada da maternidade divina de Maria: ‘Ela é a Mãe do Senhor, o Rei dos Reis, e nos mostra Jesus como salvação, a vida e nossa esperança'”.

Bento XVI também explicou que a “realeza” de Maria é bem diferente daquela que estamos acostumados a ver nos dias atuais:

“[Existe] uma idéia popular de rei ou rainha, relacionada a uma pessoa com poder e riqueza, mas este não é o tipo de realeza de Jesus e Maria. Pensemos no Senhor, a realeza de Cristo está sendo tecida de humildade, serviço, amor e acima de tudo servir, de ajudar e de amar(…) É um rei que serve os seus servidores, como tem demonstrado ao longo de sua vida. E o mesmo vale para Maria, rainha a serviço de Deus e da humanidade, é rainha do amor que vive o dom de si a Deus para entrar no projeto da salvação humana.”

O Papa também lembrou as invocações que fazemos à Virgem Maria Rainha (no Santo Rosário, na oração Salve Rainha, na Ladainha de Loreto) e concluiu:

“Rainha é título de confiança, alegria e amor. E sabemos que Aquela que tem nas suas mãos em parte o destino do mundo é boa, que nos ama e nos ajuda nas nossas dificuldades. Caros amigos, a devoção a Nossa Senhora é um elemento importante da vida espiritual. Na nossa oração não cessemos de nos dirigir com confiança a Ela. Maria não deixará de interceder por nós junto do seu Filho. Olhando para Ele, imitemos a fé, a disponibilidade completa ao desígnio de amor de Deus, o acolhimento generoso de Jesus. Aprendamos a viver de Maria. Maria é a Rainha do céu próxima de Deus, mas é também a Mãe que está perto de cada um de nós, que nos ama e ouve a nossa voz.”

 

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia