Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Religião

Viveu só 31 anos, mas foi a primeira santa das Américas e padroeira da América Latina

Santa Rosa de Lima

Creative Commons

Reportagem local - publicado em 23/08/19

A história extraordinária da jovem nobre que viveu na pobreza, se consagrou a Cristo apesar das pressões contrárias e fez milagres ainda em vida

Rosa nasceu em Lima, no Peru, em 1586, filha de Gaspar de Flores e Maria Oliva, descendentes de conquistadores espanhóis.

Da riqueza à pobreza

Terceira dos onze filhos do casal, viu os pais ricos perderem tudo com a falência de uma empresa de mineração e cresceu na pobreza, trabalhando na terra e na costura até altas horas da noite para ajudar no sustento da família. Cultivava rosas no próprio jardim e as vendia no mercado – por isso é hoje considerada a padroeira das floristas.

Intacta nobreza de alma

A pobreza material não atingia a sua nobreza pessoal: além de muito bela, era tida como a moça mais virtuosa e prendada de Lima; de quebra, era talentosa: tocava harpa e viola e tinha voz doce e melodiosa. Não admira que fosse pretendida pelos jovens mais ricos e distintos da capital e dos arredores.

SANTA ROSA
Public domain

Contra tudo e todos, consagração a Cristo e dedicação aos necessitados

Por amar a Cristo como esposo, porém, ela a todos rejeitou: mesmo contra o desejo dos pais, fez voto de castidade, tomou o hábito da Ordem Terceira Dominicana, construiu uma cela estreita e pobre no fundo do quintal da casa dos pais e começou a levar uma vida religiosa de oração e penitência que incluía jejuns e dolorosos cilícios. Era descrita como extremamente bondosa e caridosa para com todos, em especial para com os índios e negros, aos quais prestava os serviços mais humildes, sobretudo quanto estavam doentes.

Dom de milagres

Relatos de biógrafos e amigos, incluindo seu confessor, frei Juan de Lorenzana, Rosa recebeu de Deus o dom dos milagres. Era constantemente visitada pela Virgem Maria e pelo Menino Jesus, que quis repousar certa vez entre seus braços e a coroou com uma grinalda de rosas. Este veio a se tornar seu símbolo. Também se conta que ela conversava constantemente com seu Anjo da Guarda. Ainda em vida, muitos milagres de curas, conversões, propiciação de chuvas e até o impedimento da invasão de Lima pelos piratas holandeses, em 1615, foram atribuídos à sua intercessão.

Sofrimentos e provações

Apesar das experiências místicas extraordinárias que lhe foram concedidas, nunca lhe faltou a cruz para compartilhar os sofrimentos do Divino Mestre: desde as duras incompreensões e perseguições até, nos últimos anos de vida, as agudas dores devidas à doença prolongada que a levou à morte em 24 de agosto de 1617, com apenas 31 anos de idade.

Rumo à eternidade

Suas últimas palavras foram “Jesus está comigo!“. Após o seu sepultamento, muito sentido e chorado por todo o então vice-reino do Peru, seu túmulo rapidamente se tornou palco de milagres, assim como os lugares onde tinha vivido e trabalhado pela causa da Igreja.

Primeira santa das Américas

PERU
Public domain

Diz-se que o Papa Clemente relutava em elevá-la aos altares, mas foi convencido após presenciar uma milagrosa chuva de pétalas de rosa que caiu sobre ele, vinda do céu, e que atribuiu a Santa Rosa de Lima. A jovem peruana foi oficialmente reconhecida como a primeira santa canonizada das Américas, além de proclamada padroeira da América Latina.

O cardeal Ratzinger, futuro Papa Bento XVI, disse sobre ela em 19 de julho de 1986, durante homilia no Santuário de Santa Rosa de Lima, no Peru:

“De certa forma, esta mulher é uma personificação da Igreja da América Latina: imersa em sofrimentos, desprovida de meios materiais e de um poder significativos, mas tomada pelo íntimo ardor causado pela proximidade de Jesus Cristo”.

No Brasil

Vários municípios do Brasil a adotaram como padroeira: Iretama e Nova Santa Rosa, no Paraná; Santa Rosa da Serra e Iturama, em Minas Gerais; Cabeceiras, em Goiás; e, é claro, a cidade que, além de tê-la por patrona, também a tem por nome: Santa Rosa de Lima, em Santa Catarina.


ROSE OF LIMA

Leia também:
Para pedir força espiritual: oração a Santa Rosa de Lima, primeira santa das Américas

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
MilagreSantosTestemunho
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia