Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Maria Rainha de Todos: o ícone mariano em favor dos doentes de câncer e aids

Vsetsaritsa
CC
Compartilhar

A história extraordinária de uma imagem devocional russa que traz esperança e fé na cura para quem sofre a cruz da enfermidade

Os cristãos da Rússia celebram no final de agosto a festa do ícone milagroso de Maria Rainha de Todos, ou Vsetsaritsa, descrita como “aquela que alivia as feridas do corpo“.

As orações elevadas pelos russos cristãos a Nossa Senhora diante desse ícone, porém, não se limitam ao final deste mês: elas são incessantes ao longo de todo o ano, tanto que a imagem é frequentemente encontrada nos locais de oração existentes em hospitais do país, principalmente nas enfermarias de oncologia.

Origem

Essa devoção se espalhou pela Rússia recentemente, a partir da década de 1990, já que, nas décadas anteriores, o país sofria as brutais restrições impostas pelo comunismo ateu a quem quisesse praticar sua fé.

No entanto, a imagem considerada milagrosa foi pintada ainda no século XVII, no grande mosteiro de Vatopedi do Monte Athos.

Intercessão de cura

Os ícones sagrados refletem profundamente a fé em Cristo como médico e curador da alma e do corpo.

Não é diferente com os ícones marianos, já que Maria é venerada sempre e somente em relação direta com seu Filho Jesus Cristo. Os mais antigos e venerados ícones da Mãe de Deus, aliás, são tradicionalmente atribuídos a um médico: o evangelista São Lucas.

Ao ícone de Maria como Vsetsaritsa é atribuída a graça especial da cura de doentes de câncer e de aids.

A sugestão de rezar diante do ícone da Rainha de Todos foi especialmente propagada pelo bispo russo Luka, que assumiu esse nome justamente em homenagem a São Lucas. Ele foi médico legista e cirurgião antes de se tornar religioso, chegando a escrever o manual “Ensaio de cirurgia infecciosa“. No trágico século XX da Rússia, ele percorreu as vastas extensões do país em suas porções asiática e europeia, muitas vezes transferido de um campo de concentração para outro, divulgando a “medicina física e espiritual” e recomendando esta prece a ser feita diante do ícone da Vsetsaritsa:

“Abençoe a mente e as mãos daqueles que cuidam de nós, para que eles se tornem instrumento do Médico Todo-Poderoso Doutor, Cristo nosso Salvador”.

O ícone

Vsetsaritsa
CC

Maria Rainha mostra um gesto afetuoso de intercessão, com a mão estendida para pedir ao Filho a salvação. O fiel que contempla o ícone é envolvido neste círculo de amor, em que a Mãe e o Filho dirigem o olhar precisamente para aquele que os contempla, de acordo com a típica “perspectiva invertida” dos ícones.

A oração continua com palavras de esperança:

“Onde toda a esperança desaparece, tu serás a Esperança inabalável; para aqueles que são oprimidos pelo sofrimento insuportável, tu serás o alívio que dá força para suportar. Onde a escuridão do desespero se insinua na alma, tu farás brilhar a luz inefável da Divindade”.

Vsetsaritsa
CC

_____________

A partir de texto de Vladimir Rozanskij publicado por Asia News, via Vatican News

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.