Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Pe. Cido responde a leitor: “Fiz um juramento a Deus e não cumpri. O que fazer?”

BACK
Compartilhar

"Muita gente, para testemunhar seu desejo de uma vida nova, multiplica juramentos e promessas. Vamos com calma!"

Em sua coluna no jornal O São Paulo, da arquidiocese paulistana, o pe. Cido Pereira respondeu nesta semana a mais uma pergunta enviada por um leitor:

“Padre, fiz um juramento a Deus e acabei descumprindo. O que devo fazer?”

Eis a resposta do pe. Cido:

Quem pergunta é o Haroldo Oliveira. É muito pouca a informação que você me dá, Haroldo. Que juramento foi esse? Foi, por exemplo, o juramento que se faz no sacramento do Matrimônio? Foi um juramento ligado a uma atividade que você deveria fazer e não fez? Foi um compromisso de evitar algum pecado que você não consegue controlar? Teria sido muito mais simples você dizer: “Jurei, prometi a Deus ou me comprometi com Ele a fazer ou a não fazer isso ou aquilo e não cumpri”.

Por falta de informação, vou apenas dar algumas dicas gerais. Vamos lá: caso se trate de algo não muito comprometedor, uma boa confissão pode resolver isso. Se você prometeu abandonar um vício e não conseguiu, é só começar de novo a luta. Se você fez uma promessa e se esqueceu dela, procure reparar isso, cumprindo-a.

Sabe, irmão, eu penso que não devemos jurar por Deus. A Igreja ensina isso e ela se baseia no ensinamento de Jesus. Ele nos diz: “Seja o vosso sim, sim, e vosso não, não” (Mt 5,37). Simples, não é mesmo?

Muita gente, para testemunhar seu desejo de uma vida nova, multiplica juramentos e promessas. Vamos com calma! Vamos pedir ao Senhor que nos ilumine para que saiamos de uma situação que nos incomoda, que ofende a Deus, que prejudica o irmão. Esta deve ser a atitude de um cristão que quer de verdade viver a sua fé.

Será que ajudei você, Haroldo? Espero que sim, se não entendi bem a sua pergunta, escreva de novo. Vamos conversar. Fique com Deus. Que ele abençoe você e sua família!

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.