Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O que significam os gestos das mãos nos ícones?

Dreamstime
Compartilhar

Uma tradição retórica greco-romana clássica sobrevive na iconografia cristã

Você já se perguntou, enquanto olhava para ícones religiosos, por que as figuras de Cristo e dos santos fazem certos gestos com as mãos?

Cada gesto tem um significado específico, mas não é de admirar que nem sempre possamos entendê-los: eles estão “escritos” em grego!

Gregos e romanos clássicos desenvolveram um código de gesto com as mãos bastante complexo e bem estabelecido, que era usado tanto por oradores quanto por retóricos, quando davam discursos na praça pública, no Senado ou até na sala de aula.

Os gestos que acompanhavam o orador, é claro, eram uma questão de conhecimento público da época. Ou seja, eram bastante comuns e compreendidos por quase todo mundo. Mas não por nós. Então, precisamos de um pouco de ajuda para decifrá-los.

Public Domain

Não é de surpreender que os primeiros pintores de ícones cristãos usassem esse repertório de gestos com as mãos em suas pinturas de Cristo, dos santos e dos anjos.

Por exemplo, nos ícones da Anunciação, o Arcanjo Gabriel geralmente é mostrado com a mão levantada da mesma maneira que os oradores romanos faziam, ao indicar que estavam prestes a iniciar uma frase importante. Ou seja, era o gesto que precedia o exordium do discurso. Essa tradição estava tão enraizada na Roma antiga que o gesto pode ser visto até na mais antiga imagem da Anunciação que chegou até nós.

Public Domain
The oldest icon of the Annunciation , in the catacombs of St. Priscilla .

O significado desse gesto com a mão, associado ao oratório clássico, também é a fonte do motivo iconográfico que mostra Cristo levantando a mão na mesma atitude de um orador romano ou grego clássico. Claramente, Ele, mais do que qualquer um, tem algo importante a dizer, certo?

No entanto, esse gesto com a mão tem ainda mais níveis de significado que merecem ser levados em consideração. Especificamente no caso da figura de Cristo, o simbolismo associado aos gestos com as mãos é mais complexo.

Em princípio, em qualquer representação icônica de Cristo católica ou ortodoxa bizantina, a mão direita de Jesus é mostrada em atitude de bênção. Esse mesmo gesto é usado pelo padre para abençoar durante a liturgia, e por esta razão, os santos clérigos são retratados levantando a mão direita da mesma maneira.

Public Domain
The hand gestures of blessing mimics the letters " IC XC " , an abbreviation of four letters, widely used , from the Greek words Jesus ( IHCOYC ) Christ ( XPICTOC ) .

Na iconografia ortodoxa grega, como também na iconografia cristã primitiva, o gesto da mão de bênção realmente molda as letras IC XC, uma abreviação das palavras gregas Jesus (IHCOYC) Cristo (XPICTOC), que inclui a primeira e a última letra de cada palavra. A mão que abençoa reproduz, com gestos, o Nome de Jesus, o “Nome acima de todo nome”.

Public Domain
In addition , the three fingers of Christ , and spell " I" and " X " also represent the Trinity and Unity of God , Father, Son and Holy Spirit.

Além de moldar as letras, o gesto de bênção feito por Cristo também transmite verdades doutrinárias. Os três dedos usados ​​para soletrar o I e o X também representam a Trindade, a unidade de um Deus em três pessoas, Pai, Filho e Espírito Santo.

A junção do polegar e o anelar não apenas forma a letra C, mas também simboliza a encarnação, a união das naturezas divina e humana na pessoa de Cristo.

Olhe atentamente da próxima vez que observar um ícone. Haverá mensagens para você ler, agora que você conhece esse idioma.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.